COMPARTILHE

O treinador do Sporting afirmou que os ‘leões’ estão preparados para a reta final da I Liga portuguesa de futebol e destacou a “superioridade” que a equipa tem demonstrado, em contraste com a “sorte” do líder Benfica.

O treinador do Sporting afirmou hoje que os ‘leões’ estão preparados para a reta final da I Liga portuguesa de futebol e destacou a “superioridade” que a equipa tem demonstrado, em contraste com a “sorte” do líder Benfica.

Jorge Jesus, que fazia a antevisão da partida com o Moreirense, relativa à 30.ª jornada da I Liga portuguesa, lembrou que a atual classificação pode ser invertida a qualquer momento, embora não tenha antecipado qual das últimas cinco rondas poderá ser decisiva para as contas do título.

“A qualquer momento há surpresas. Nos quartos da ‘Champions’, a maioria pensava que o FC Barcelona iria eliminar o Atlético de Madrid e não eliminou. Pode-se pensar que o jogo mais difícil que teremos é no Dragão, mas pode não ser. Aquele que falhar nestes últimos jogos, não terá grande margem para recuperar”, disse o técnico, em conferência de imprensa.

De resto, Jorge Jesus referiu que Benfica e Sporting, atualmente separados por dois pontos, com vantagem para as ‘águias’, “até podem ganhar os jogos todos e ninguém perder pontos”, mas assegurou que os ‘verde e brancos’ têm mostrado ser superiores à concorrência.

“Estamos focados e muito confiantes. Estamos no nosso melhor momento e temos demonstrado a nossa superioridade, enquanto outros têm ganhado com sorte, embora isso também faça parte do jogo”, salientou, numa alusão aos recentes triunfos do Benfica sobre o Boavista e Académica.

Jorge Jesus anteviu uma difícil deslocação a Moreira de Cónegos, apesar de admitir que o Moreirense poderá ressentir-se das ausências de Vítor Gomes, castigado, e de Palhinha e Iuri Medeiros, ambos cedidos pelos ‘leões’ e aos quais deixou elogios.

“Se o treinador do Moreirense escolhe esses jogadores como primeiras opções, é porque acredita que têm mais valor que os outros. Temos a certeza que os nossos dois jogadores têm muito valor, estão a fazer um grande campeonato e, no próximo ano, cá esperamos por eles”, adiantou.

Por outro lado, o técnico afirmou que o lateral João Pereira “continua a trabalhar muito bem e é um grande jogador de grupo”, apesar de ter sido relegado para segundo plano nos últimos jogos, e mostrou “confiança total” no árbitro Bruno Paixão, que vai dirigir o encontro entre Moreirense e Sporting.

“É um bom árbitro. Temos tido confiança total em todos os árbitros. Como qualquer um de nós, estão sujeitos à crítica quando não fazem as coisas bem. O Bruno Paixão é um dos árbitros em quem confio muito”, concluiu.

Sporting, segundo classificado com 71 pontos, e Moreirense, 14.º com 29, jogam no sábado, a partir das 20:45, em Moreira de Cónegos, num encontro que será dirigido pelo árbitro Bruno Paixão, da Associação de Futebol de Setúbal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA