Livraria Lello de portas abertas durante primeira fase de obras

Livraria Lello de portas abertas durante primeira fase de obras

204
0
COMPARTILHE
A primeira fase das obras de restauro da Livraria Lello, no Porto, começou esta semana e vai prolongar-se durante dois meses, tendo fechado apenas para a montagem dos andaimes, anunciou hoje aquele estabelecimento.

“A Livraria Lello vai proceder à primeira fase de um restauro, que [começou] esta terça e quarta-feira (19 e 20 de abril), com a livraria fechada para a montagem de andaimes. A partir desta quinta-feira e até domingo (21 a 24 de abril), com a livraria aberta ao público, os ‘graffiti writers’ Mr. Dheo e Pariz One vão pintar ao vivo uma tela que irá surgir enquanto fachada temporária da Livraria Lello”, pode ler-se no comunicado enviado pela livraria, frisando que a pintura da fachada temporária arranca na quinta-feira às 10:00.

A pintura de Mr. Dheo e Pariz One pretende ser, por um lado, uma “reinterpretação artística da fachada da livraria”, mas por outro cumprir uma função prática que é a de “cobrir os andaimes que estão já no espaço exterior da livraria”.

“Nesta primeira fase, a livraria vai estar fechada apenas durante dois dias e o plano de obras acontece em simultâneo com o funcionamento normal. O amplo vitral com a divisa da casa vai ser retirado e restaurado pela primeira vez desde a inauguração da livraria, há 110 anos”, acrescentou o comunicado.

Segundo a livraria, neste momento o vitral “já não ilumina o espaço interior com a força que se espera, nas estações de calor o interior do edifício aquece em demasia e existem locais onde a chuva cai”.

“Também a inconfundível fachada no estilo neogótico tem já as suas figuras esbatidas, com elementos que merecem uma nova atenção. A segunda fase, planeada só para o próximo inverno, vai obrigar ao fecho do espaço durante uma semana. Com um elevado fluxo diário de visitantes, na Livraria Lello passam aproximadamente três mil pessoas por dia. Naturalmente, o espaço interior sofreu um desgaste anormal, fruto desse imenso tráfego e pressão turística que a Livraria sofre”, frisou a loja que múltiplas vezes foi incluída em listas das livrarias mais bonitas do mundo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA