COMPARTILHE

O Sporting venceu este sábado por 3-1 o FC Porto no Estádio do Dragão, no «clássico» da 32ª jornada da I Liga, mantendo a pressão sobre o Benfica. Slimani, aos 22 minutos, inaugurou o marcador. Herrera, aos 33 minutos, empatou na conversão de uma grande penalidade. Slimani bisou aos 43 minutos. Bruno César, aos 86 minutos, fixou o resultado final.

José Peseiro apostou num onze formado por: Casillas; Maxi Pereira, Chidozie, Martins Indi e José Ángel; Danilo, Sérgio Oliveira e Herrera; Jesus Corona, Aboubakar e Brahimi.

Jorge Jesus, por seu turno, fez alinhar de início: Rui Patrício; Schelotto, Rúben Semedo, Coates, Zeegelaar; João Mário, Adrien, William Carvalho, Bryan Ruiz; Téo Gutiérrez e Slimani.

João Mário, aos cinco minutos, desperdiçou uma soberana oportunidade atirando por cima quando só tinha Casillas pela frente. Martins Indi demorou a sair e colocou em jogo o médio leonino.

Aos sete minutos, José Angél cruzou para Herrera que atirou ao poste, a bola ressaltou em Aboubakar e Rúben Semedo mas Rui Patrício segurou.

Aos 16 minutos, Bryan Ruiz cobrou um canto e Slimani cabeceou para defesa tranquila de Casillas.

Aos 22 minutos, João Mário arrancou pela direita, ultrapassou Angél e assistiu Slimani que só teve de encostar para inaugurar o marcador. O argelino assinou o seu 25º golo na Liga.

Aos 26 minutos, Jesus Corona cruzou e a bola bate na mão de Rúben Semedo. Os portistas pediram grande penalidade, mas Artur Soares Dias terá considerada involuntária a mão do defesa do Sporting.

Schelotto, aos 32 minutos, cruzou para a pequena area onde Slimani surgiu sozinho. Valeu ao FC Porto a boa defesa de Casillas.

Na resposta, Brahimi caiu numa bola dividida com Coates e o árbitro assinalou grande penalidade. O defesa dá um toque na coxa do argelino. Coates viu o amarelo. Herrera não perdoou e empatou a partida. Este foi o nono golo do mexicano na Liga.

Aos 37 minutos, Brahimi lançou Herrera que, descaído pela esquerda, atirou ligeiramente ao lado.

Aos 43 minutos, Bryan Ruiz cruzou e Slimani, solto entre os centrais, cabeceou para o 2-1. O argelino soma já 26 golos na Liga.

Slimani, aos 47 minutos, rematou rasteiro para defesa segura de Casillas. Na resposta, Maxi Pereira atirou para defesa de Patrício após boa jogada de Corona.

Sérgio Oliveira, aos 50 minutos, rematou à trave na cobrança de um livre em posição frontal.

Aos 52 minutos, Sérgio Oliveira voltou a tentar a sua sorte, mas o remate saiu por cima.

Coates, aos 56 minutos, cabeceou muito ao lado após canto cobrado por Bryan Ruiz.

Adrien, aos 58 minutos, rematou rasteiro ao lado.

André André entrou para o lugar de Sérgio Oliveira aos 61 minutos.

João Mário, aos 63 minutos, rematou para defesa fácil de Casillas.

Aos 66 minutos, Coates empurra Aboubakar em plena área. Artur Soares Dias manda jogar. Erro grave! Era grande penalidade.

Na resposta, André André fez um corte providencial quando João Mário se aprestava para fazer o 3-1.

Varela rendeu Corona aos 69 minutos.

Aos 70 minutos, Slimani cabeceou para uma monumental defesa de Casillas.

Aos 71 minutos, Brahimi lançou Herrera, o mexicano centrou para Varela, mas este dominou mal, desperdiçando uma boa jogada.

Adrien viu o amarelo aos 73 minutos por falta sobre Herrera. Herrera, na cobrança do livre, atirou para boa defesa de Rui Patrício.

Schelotto viu o amarelo aos 80 minutos por falta sobre Chidozie.

Bruno César entrou por troca com Téo Gutiérrez aos 81 minutos.

Chidozie saiu para a entrada de André Silva aos 85 minutos.

Aos 86 minutos, Bruno César «matou» o jogo. Assistido por João Mário, o brasileiro acabado de entrar atirou para o fundo das redes. Casillas ainda tocou na bola, mas esta passou-lhe sob o corpo. Fica mal na «fotografia» o guarda-redes espanhol.

Brahimi, aos 88 minutos, viu amarelo por falta sobre William Carvalho.

Bryan Ruiz saiu para a entrada de Gelson Martins aos 89 minutos.

Já em período de compensações, José Angél fez um cruzamento traiçoeiro e Rui Patrício defendeu com os pés.

Paulo Oliveira rendeu João Mário mesmo sobre o apito final.

O Benfica lidera com 82 pontos, mais dois do que o Sporting. O FC Porto é terceiro com 67 pontos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA