COMPARTILHE

Rob Wainwright, diretor da Europol, admitiu hoje, sábado, ver com “grande preocupação” a realização do próximo campeonato europeu de futebol em junho, em França, considerando que é “um alvo atrativo para os terroristas” jihadistas.

Em entrevista à imprensa internacional, Rob Wainwright recordou os últimos atentados terroristas em território europeu, sublinhando que é “assustadoramente fácil” atacar alvos, como cafés, restaurantes e salas de concerto, uma situação que diz representar grandes desafios para as forças de segurança.

Perante a brutalidade destes atentados, o diretor do serviço europeu de polícia defendeu ser “absolutamente necessário” reforçar as unidades antiterroristas para que sejam capazes de atuar nestes novos cenários e perante a tomada de reféns, como aconteceu em novembro passado na sala de espetáculos Bataclan, em Paris.

Na sua opinião, não se pode acusar as forças de segurança europeias de terem subestimado o perigo, o problema é que a luta contra o terrorismo é “muito complexa”, concluiu.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA