Agente da PSP suicida-se em casa

Agente da PSP suicida-se em casa

162
0
COMPARTILHE

Um agente da PSP, de 42 anos, suicidou-se, na manhã da passada quarta-feira, em casa no Lugar da Estrada, em Peniche.

O alerta para as autoridades foi dado cerca das 07h45, tendo sido enviados para o local o INEM, os Bombeiros Voluntários de Peniche, bem como a GNR e a Polícia Judiciária.

Seiça Santos fardou-se, despediu-se dos pais [vivia com estes pois era solteiro] e saiu para a zona exterior da casa, pois ia entrar ao serviço. Foi então que se ouviu um disparo: o agente havia colocado fim à vida com um tiro na cabeça dado com a arma de serviço.

As motivações que terá tido o homem ainda não se conhecem. Sabe-se que o agente havia realizado exames médicos há pouco tempo, cujos resultados não partilhou com ninguém. Por essa razão não se sabe, para já, se estes poderão ter motivado a decisão do polícia.

Em menos de uma semana, este é o segundo agente da PSP que se suicida.

Na última quinta-feira, António Broa, de 42 anos e pais de duas meninas, também se suicidou, utilizando a arma de serviço.

Este ano, José Luís é o terceiro agente da PSP que tira a própria vida. Em março, um elemento daquela força policial, de 29 anos, atirou-se de um penhasco nos Açores. Estava a receber acompanhamento psicológico pois queria abandonar a instituição por estar cansado.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA