Caso do penico: ERC dá razão a Ricardo Araújo Pereira

Caso do penico: ERC dá razão a Ricardo Araújo Pereira

A Entidade considera que o humorista não humilhou e afrontou publicamente Marinho e Pinto ao urinar num penico com a fotografia do à data candidato pelo PDR.

121
0
COMPARTILHE

Marinho e Pinto ficou desagradado quando, a 21 de setembro de 2015, foi emitida na antena da TVI uma imagem em que a sua fotografia surgia num penico para onde alguém urinava.

Aconteceu durante a rubrica ‘Isso é tudo muito bonito, mas…’, apresentada por Ricardo Araújo Pereira no ‘Jornal das 8’, a propósito da pré-campanha para as eleições legislativas.

O ex-bastonário da Ordem dos Advogados e à data candidato pelo Partido Democrático Republicano (PDR) fez chegar prontamente uma queixa à Entidade Reguladora da Comunicação (ERC), que agora se manifestou publicamente o seu parecer.

Numa deliberação divulgada esta segunda-feira, a ERC decide não dar razão a Marinho e Pinto, por se tratar de um programa humorístico, “associado a um certo nível de transgressão, devendo ser apreciado na perspetiva do exercício da liberdade de expressão e de criação artística”.

A decisão da ERC prende-se também pelo facto de a brincadeira não ter sido protagonizada por um jornalista, mas por uma “figura pública que dispensa apresentação dada a sua notoriedade na produção de humor”.

A pesar na balança está também o facto de a frase “Mijem fora dos penicos que vos põem à frente!” ter sido proferida pelo próprio candidato antes das eleições legislativas de 2015, pelo que Ricardo Araújo Pereira terá respondido, desta forma, ao “desafio” lançado aos jovens.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA