Camille Lacourt: “Enoja-me ver aldrabões no pódio”

Camille Lacourt: “Enoja-me ver aldrabões no pódio”

O francês faz estalar polémica em torno da modalidade, levantando suspeitas de doping relativamente a alguns atletas chineses.

311
0
COMPARTILHE

Camille Lacourt, nadador francês, vice-campeão do Mundo e campeão europeu dos 100 metros costas, lançou esta terça-feira a discórdia ao acusar os nadadores chineses de práticas de doping.

O francês, referindo-se a Sun Yang, campeão olímpico dos 200 metros livres, referiu que a entrega da medalha a este atleta lhe deu “vontade de vomitar”, acusando mesmo o seu adversário de “mijar roxo”, lembrando que esteve suspenso, em 2014, três meses por doping.

Lacourt, que terminou a final dos 100 metros costas no JO do Rio na quinta posição, refere-se ainda a Xy Jiaye, novo campeão desta especialidade, dizendo que este o enoja e acusando-o de, também ele, se dopar.

“Causa-me muita tristeza ver o meu desporto comportar-se desta forma. Parece o atletismo, com dois ou três dopados em cada final. Espera que a Federação Internacional de Natação (FINA) reaja rapidamente e trave esta vergonha (…) Enoja-me ver aldrabões no pódio”, afirmou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA