Trump, os protestos continuam. “Not My President” é já um hino

Trump, os protestos continuam. “Not My President” é já um hino

518
0
COMPARTILHE
(Photo by Drew Angerer/Getty Images)

Os protestos contra a eleição de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos prolongaram-se na noite de quinta-feira, pelo segundo dia consecutivo, com milhares de pessoas a manifestarem-se em cidades de estados democratas e republicanos.

Em São Francisco, estudantes do ensino secundário avançaram pelo centro da cidade, gritando “Not My President” (“Não é o meu Presidente”) e com cartazes a exigir o afastamento de Trump. Agitaram também bandeiras arco-íris (símbolo da comunidade LGBT, Lésbicas, ‘gays’, bissexuais e transgénero) e bandeiras mexicanas.

Donald Trump voltou à rede social Twitter, que utilizou frequentemente durante a campanha, para se dirigir aos manifestantes: “Acabei de ter uma eleição presidencial muito aberta e bem-sucedida. Agora os manifestantes profissionais, incitados pelos ‘media’, estão a protestar. Muito injusto!”.

 Minutos antes, o Presidente eleito nas eleições de terça-feira havia deixado uma mensagem mais positiva, a propósito do entontro com o Presidente em funções, Barack Obama: “Um dia fantástico em D.C [Washington]. Encontrei-me com o Presidente Obama pela primeira vez. Muito boa reunião, ótima química. A Melania gostou muito da Mrs. O [Michelle Obama]!”.

Por Notícias ao Minuto

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA