Fuga de gás encerra estação de Charing Cross, em Londres, discoteca e...

Fuga de gás encerra estação de Charing Cross, em Londres, discoteca e hotel evacuados

40
0
COMPARTILHE

A estação de transportes de Charing Cross, no centro de Londres, foi fechada e cerca de 1.450 pessoas foram retiradas de uma discoteca e de um hotel por causa de uma fuga de gás.

Segundo a Sky News, testemunhas fizeram relatos de caos, com os porteiros na discoteca Heaven a pediram aos clientes que saíssem.

Outros clubes, hotéis e empresas na área de West End em torno da Strand – uma via importante que atravessa o centro de Londres – também foram evacuados, com perturbações esperadas para a hora de ponta da manhã, acrescenta a Sky News.

Os serviços de emergência chegaram ao local pouco depois das 02:00 locais, após altos níveis de gás natural terem sido detetados em Craven Street, perto da estação Charing Cross.

As estradas na área foram seladas e um cordão de 150 metros estabelecido no local, enquanto os especialistas tentam isolar a fuga.

A Network Rail diz que a estação permanecerá fechada até novo aviso.

Um porta-voz da Brigada de Bombeiros de Londres afirmou: “Estamos a ajudar a polícia na Strand, depois que uma fuga de gás principal ter sido descoberta usando equipamentos de deteção e altos níveis de gás natural foram detetados na atmosfera.

“Como prevenção, cerca de 1.450 pessoas foram retiradas de um hotel e de um clube noturno. A Strand está completamente fechada e pedimos às pessoas que evitem a área”, acrescentou.

O porta-voz adiantou ainda: “Nesta fase, ainda não conhecemos a causa da fuga de gás. Os técnicos estão no local a tentar isolar a fuga. Há indicação de altas quantidades de gás natural na área. Estamos a tentar resolver o mais rapidamente possível”.

 

 

Por Lusa

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA