Ricardo Fonseca de novo Campeão do Mundo

Ricardo Fonseca de novo Campeão do Mundo

Aos 23 anos o atleta lousadense continua a somar medalhas de ouro (são já 11 em mundiais)

155
0
COMPARTILHE

O atleta lousadense Ricardo Fonseca continua a somar medalhas de ouro no Campeonato Mundial de Artes Marciais, enriquecendo o seu já vasto palmarés. Aos 23 anos, o atleta que compete pela Associação de Artes Marciais e Desportos de Combate do Vale do Sousa (escola de Lousada) já conquistou 11 títulos munidas em diversas disciplinas, entre muitas outras de prata e bronze.
Sete dessas conquistas foram na categoria de júnior, sendo as primeiras quatro na sua estreia em mundiais em 2012 em Torres Novas. Seguiu-se mais uma medalha de ouro em 2013 e duas em 2014.
Depois de dois anos sem participar (lesão), Ricardo Fonseca estreou-se na categoria de sénior em 2017 sem ter conseguido subir ao lugar mais alto do pódio, o que viria a acontecer no ano seguinte na disciplina de Formas Criativas Mãos Vazias.
As últimas três medalhas de ouro foram conquistadas no Campeonato Mundial de Artes Marciais 2019, que teve lugar nas Caldas da Rainha, entre os dias 11 e 14 de abril, e contou com a presença de mais de 8000 atletas de todo o mundo.
O lousadense sagrou-se bicampeão em Formas Criativas Mãos Vazias e estreou-se em mais duas diciplinas (Formas Criativas Armas e Formas SinoVietnamits) ganhando também o ouro em ambas. Além destas, o atleta subiu ao 3.° lugar do pódio na disciplina Low Wac – 65kg.
Em declarações ao nosso jornal, Ricardo Fonseca fala em missão cumprida em mais uma presença no mundial: “o meu objetivo era trazer apenas 1 título de campeão mundial… foram 4 competições e 4 pódios, e 3 deles foram de campeão por isso estou mais do que feliz. Estamos a falar das categorias mais exigentes do mundial e acabar com estas classificações é realmente muito especial”.

Hall of Fame

As Caldas da Rainha receberem também a 2.ª Gala Hall of Fame WAC – Worls All Styles Championship que reconhece o desempenho desportivo excecional e as mais relevantes atitudes em prol dos desportos de combate, distinguindo os diversos intervenientes (atletas, mestres, grandes mestres, entidades públicas e patrocinadores).

Mestre Hélder Sousa

Este evento decorreu no dia anterior à competição e Lousada entrou logo a ganhar, pois Ricardo Fonseca e o Mestre Hélder Sousa (que o acompanha desde o início) foram premiados com um voto de louvor.
As restantes escolas da Associação de Artes Marciais e Desportos de Combate do Vale do Sousa (Caíde de Rei, Paços de Ferreira e Felgueiras) também tiveram atletas nos lugares do pódio e Mestres (Paulo Sousa, Ernesto Sousa e Hélder Moreira) e Instrutores (Fernando Leite, Hélder Castro e Nuno Teixeira) galardoados.

Meta é ser Atleta do Ano

Ricardo Fonseca confessou que a sua meta passa por angariar apoios para competir fora do país e que irá procurar ser eleito Atleta do Ano em Lousada para com isso projetar a modalidade no concelho que na sua opinião é pouco divulgada.
Refira-se que estas são apenas as medalhas conquistados em campeonatos do mundo, porque o palmarés do atleta é muito mais vasto. Todas as restantes medalhas conquistadas, quer em provas nacionais quer internacionais, são tantas que Ricardo Fonseca não consegue precisar o número exato.

dav

A finalizar importa salientar que nem só Ricardo tem conquistado ouro mundial para Lousada. O seu irmão Jorge Fonseca (cinco anos mais novo) tem também uma dezena de medalhas de ouro em campeonatos do mundo, todos na categoria de júnior, a primeira conquistada também em Torres Novas em 2012. Este atleta não participou na edição deste ano, mas tem já prevista a sua estreia como sénior no próximo ano.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA