Especial Global Única: Rocha Tir

Especial Global Única: Rocha Tir

COMPARTILHE
Fernando Rocha e Joaquim Rocha

Empresa ligada ao setor dos transportes de mercadorias, tem como alicerce principal o mercado internacional mas tem perspetivas de crescimento já no ano que se aproxima em termos de mercado nacional. É uma empresa muito jovem (recente) mas tem marcado muito bem a sua presença neste setor.
Fernando Rocha

Que balanço é que a Rocha Tir faz deste ano que agora termina?
O ano 2017 foi no primeiro semestre bastante positivo, contudo, e tendo em conta o facto do preço do combustível ter aumentado significativamente (na ordem dos 10%) e nem sempre isso se refletir de imediato nos valores cobrados pela RochaTir, o segundo semestre foi menos positivo. Contudo, a RochaTir chegou ao fim de mais um ano de atividade com um balanço global de todo o ano bastante positivo, tendo contribuído para isso em muito o facto de não termos incidências, numa área tão suscetível a ocorrências. Estamos satisfeitos com os resultados obtidos.
Joaquim Rocha

Que horizontes tem a Rocha TIR num plano curto/médio prazo?


A Rocha Tir pretende continuar a investir e diversificar a sua forma de transportes para ir ao encontro do solicitado pelos clientes. Acreditamos que o mercado dos transportes em 2018 continuará a crescer, embora este mercado dependa muitas vezes do valor da matéria-prima (combustível) que, neste caso, não depende só do nosso país, mas dos países exportadores de petróleo. Contudo, não deixamos de estar apreensivos e ansiosos por uma resolução definitiva do Brexit (Reino Unido) e as alterações que pode trazer ao mercado dos transportes a saída deste país da União Europeia.
Estando a RochaTir numa zona urbana e tendo consciência do transtorno que este tipo de veículos provoca na sociedade, prevemos também criar infraestruturas para aparcar os nossos equipamentos, de forma a minimizar os transtornos causados.
Contudo, o nosso compromisso será sempre continuar a ser a solução para o sucesso dos nossos clientes.