Ensino de um cão, luxo ou necessidade?

Ensino de um cão, luxo ou necessidade?

COMPARTILHE

Hoje em dia são muitas as famílias que vivem com um ou mais cães mas nem sempre esse convívio é o mais pacifico. Na maioria dos casos os problemas poderiam ter sido evitados se tivesse existido algum trabalho desde o primeiro dia em que o cachorro entrou em casa.

Não quer isto dizer que se o cão for mais velho não vai aprender. Os cães aprendem toda a vida, a dificuldade está em modificar hábitos que o cão foi adquirindo ao longo do tempo e quanto mais tempo passou maior será essa dificuldade.

A educação de um cão deve começar desde cedo, não devemos no entanto confundir educação com treino, o treino vem mais tarde. Na educação do cachorro começamos por ensinar questões como as necessidades no local certo, a convivência correcta com pessoas e outros animais, andar com coleira e trela, o manuseamento por parte das pessoas (estranhas ou não), ficar sozinho em casa, etc. Se desde cedo trabalharmos este tipo de situações estaremos a prevenir muitos comportamentos problemáticos que podem surgir no futuro e que nos vão certamente trazer muitas dores de cabeça.

Muitas das vezes esses problemas conduzem a ataques a pessoas, sejam elas da casa ou não, outras vezes o problema é a destruição excessiva, ladrar demasiado, entre outros.

Devemos por isso encarar a educação de um cão como um processo muito importante para prevenir problemas no futuro. Um cão educado convive perfeitamente com pessoas e por sua vez pessoas que aprenderam a educar um cão conseguem compreendê-lo e sabem resolver qualquer situação que possa surgir no dia a dia.

A educação de um cão deverá ser encarada como um investimento em tranquilidade, convívio de qualidade entre pessoas e cães, ausência de asneiras em casa e muitos anos de boas histórias para contar que certamente os nossos cães nos irão proporcionar.

 

João Pedro
Educador Canino