Aveleda-Boim a abrir a 2.ª Divisão

Aveleda-Boim a abrir a 2.ª Divisão

São seis as equipas do concelho a competir neste escalão

COMPARTILHE

A 2.ª Divisão este ano vai ter um aliciante extra para o concelho. Com seis equipas de Lousada a integrar a série 2, quase se pode falar de um mini-campeonato concelhio. Além do Macieira (manteve-se na luta pela subida durante grande parte da época), do Nevogilde (que desceu da 1.ª Divisão) e do Lagoas juntam-se agora mais três equipas lousadenses vindas da futebol amador (AFALousada): Aveleda, Boim e Nespereira.

 

A primeira jornada desta divisão vai trazer logo um dérbi concelhio com o Boim a deslocar-se ao terreno do Aveleda, jogo agendado para sábado às 16h00. Ambas as equipas apresentam novos treinadores para enfrentar este novo projeto e aos comandos do Boim está Jorge Antunes, curiosamente o último treinador a orientar o clube quando este disputou os Amadores da AFP. Conhecedor das equipas de Lousada, Jorge Antunes mostrou-se cauteloso na análise ao confronto com um rival que sempre lutou pelos lugares cimeiros nas competições concelhias: “Ambas as equipas reforçaram-se para melhorar e competir numa prova mais exigente, mas não deixará de ser um dérbi já muitas vezes jogado. Nós reforçamos para fazer algo bonito e ainda não conhecemos o atual valor do Aveleda, mas temos consciência que sempre apresentou boas equipas. Resumindo, vamos encarar esta primeira jornada com muito respeito pelo Aveleda”, disse Jorge Antunes.

 

“É bom começarmos com uma equipa da terra e espero que seja um bom jogo e uma entrada com o pé direito do Aveleda no seu primeiro jogo oficial nos distritais. É um dérbi concelhio e certamente que o Boim estará mais forte, mas nós também vamos procurar estar”, anteviu Nelo Ribeiro, o novo timoneiro do Aveleda que acredita que o clube não vai sentir dificuldades de adaptação a uma nova realidade: “Penso que pela organização que o Aveleda tem de há uns anos para cá, quer diretiva quer de plantéis, não vamos sentir grandes diferenças a não ser no horários dos jogos, até porque cerca de 40% das equipas deste campeonato são de Lousada e já se conhecem de jogar na AFAL”.

O Macieira e o Nespereira começam o campeonato frente aos seus adeptos e recebem o Melres e o Calçada, respetivamente.

 

Já o Lagoas tem uma difícil deslocação ao terreno do Airães. O novo treinador do Lagoas, António Babo, espera muitas dificuldades em Airães para a ronda inaugural: “Ainda não conhecemos o real valor das equipas esta temporada, mas sabemos que é sempre muito difícil jogar em Airães, um adversário muito forte a jogar em sua casa. De qualquer maneira a nossa intenção é ir em busca de um bom resultado, pois é para isso que trabalhamos”.

 

O Nevogilde depois de uma temporada menos conseguida via ter mais uma semana de pré-época que os seus adversários, pois folga na primeira ronda
Depois da folga, o Nevogilde começa a competição com a receção ao Nespereira, naquele que será o primeiro confronto entre as duas equipas, que apesar de pertencerem a freguesias contíguas, nunca se defrontaram, quer em jogos oficiais quer em amigáveis.

 

A título de curiosidade, refira-se que as seis equipas de Lousada conseguiram que os seus jogos, em casa, sejam realizados ao sábado de tarde.