“Encontro Entre Nós” junta cerca de 2000 idosos no Pavilhão Rota dos...

“Encontro Entre Nós” junta cerca de 2000 idosos no Pavilhão Rota dos Móveis

0
COMPARTILHE

“Encontro Entre Nós”. Assim se chamou a tradicional festa de Natal 2018, que reuniu cerca de 2000 idosos de várias instituições particulares de solidariedade social e associações do concelho de Paredes. O encontro, organizado pela autarquia paredense em parceria com outras instituições do concelho, decorreu no Pavilhão Rota dos Móveis em Lordelo.

Para além das iguarias de Natal, os participantes puderam divertir-se com a animação musical.

“Estas iniciativas são melhores que remédios”, Beatriz Meireles
Beatriz Meireles, vereadora da CM de Paredes, realçou que a atividade tem sido realizada ao longo dos últimos anos, mas este ano contou com mais uma centena de pessoas que o habitual. “É uma atividade que pretende que os idosos possam conviver e dinamizar culturalmente. Estamos sempre a associar as duas questões: a parte inclusiva e a parte cultural. Portanto, é um momento de excelência e de convívio e é uma boa aposta do município”, afirmou.

Artur Silva, Presidente da Junta de Freguesia de Paredes, também considerou a “iniciativa importante”: “Vejo que as pessoas estão satisfeitas. Muitas delas estão desocupadas, não trabalham, têm algum isolamento e estas atividades são muito importantes para as pessoas se juntarem e conviverem. É uma fase da vida em que precisam mesmo disto”, salientou o autarca.

Contente com a adesão da sua freguesia , diz que “estão aqui mais de trezentas pessoas”, daquela que é a maior freguesia do concelho.

“Esta iniciativa é já uma marca”, Nuno Serra

Nuno Serra, presidente da Junta de Freguesia de Lordelo, congratulou-se com o sucesso da iniciativa ao longo dos anos. “Este ano não é diferente. É Natal e é importante que o concelho se una à volta de iniciativas deste género. A Câmara tem apostado nesta iniciativa e muito bem, é uma marca”, disse.

“Eles sentem-se realizados”, Belmiro Sousa

Belmiro Sousa, presidente da Junta de Recarei, trouxe 65 idosos da sua freguesia e “eles sentem-se realizados”, diz, acrescentando que “muitos estão sozinhos em casa e aqui sentem-se à vontade. A Junta de Recarei também realiza uma iniciativa similar : “Este ano será no dia 6, no dia dos Reis. Estou muito satisfeito com esta iniciativa, é uma grande convívio”.
Carlos Franclim, presidente da Junta de Freguesia de Cristelo, mostrou-se feliz com a continuidade da tradição, pois é “uma oportunidade de juntar todos os idosos do concelho, e por isso é uma iniciativa especial”, salientou.

Idosos valorizam o convívio e a amizade

Maria Lamas é uma das participantes já há muitos anos. “É muito lindo, estamos aqui todos jovens. Nós já conhecemos esta casa. Jogamos boccia, é tudo muito divertido. Esta festa é bonita, juntam-se aqui todos os nossos amigos. Estou contente”, afirmou, com satisfação.

Maria Ribeiro, de 82 anos, é de Terronhas, Recarei, e também é uma participante assídua nesta iniciativa. Destaca a convivência como o aspeto mais positivo: “É uma festa bonita com estes idosos todos. Tenho aqui muita gente amiga. Vimos aqui muitas vezes jogar a bola. O que gosto é da convivência das pessoas. A festa é bonita. Oxalá que para o ano a gente tenha saúde para vir cá”, disse.

António Alves, de 68 anos, de Vilela, veio à festa pela segunda vez e é já um adepto desta iniciativa: “Muita gente não tem facilidade de sair de casa e desta forma isso acontece. Acho muito bem que a autarquia olhe para a nossa idade, e este bocadinho é muito”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA