1.ª DIVISÃO AFP: Lustosa entra a ganhar

1.ª DIVISÃO AFP: Lustosa entra a ganhar

Aveleda perde pela diferença mínima e Macieira goleado em Raimonda

523
0
COMPARTILHE

Pontapé de saída para a 1.ª Divisão da AFP com um triunfo convincente do Lustosa na receção ao Sobrosa, sendo a única das três equipas do concelho de Lousada a pontuar nesta ronda de abertura.


Um triunfo que teve tanto de importante como de convincente e que começou a ser construído aos 20 minutos com um golo de Nuno na conversão de um castigo máximo. Ainda antes do intervalo, Diogo Alves dilatou a vantagem e levou a equipa para o descanso confortável no jogo.
Na segunda parte os homens da casa geriram o marcador e ainda apontaram o terceiro golo em cima do minuto 90, novamente da marca dos onze metros, agora com a assinatura de Luís Filipe.
A jogar no sintético da Quinta dos Ingleses (Caíde de Rei), enquanto não estão concluídas as obras na sua “casa”, o Aveleda perdeu na receção ao Lamoso, pela diferença mínima. Um autogolo de Bryan ainda na primeira parte, na sequência de um canto, foi o suficiente para a turma pacense somar os três pontos.
Depois do golo, Bryan tentou redimir-se e, livre direto, obrigou Bruno à defesa da tarde, quando nas bancadas os adeptos já festejavam o golo.
Na segunda metade, o Aveleda entrou decidido em dar a volta ao marcador e remeteu os visitantes para a sua defensiva. João Silva deu o primeiro sinal de inconformismo, mas quando tinha tudo para alvejar a baliza, preferiu mais um drible e acabou desarmado. Depois foi Pinto a cabecear a rasar o poste e em lance semelhante Bryan também ficou a centímetros do golo.
João Ribeiro, do meio da rua também tentou a sorte, mas na baliza do Lamoso, bruno começava a revelar-se como o homem do jogo, enquanto o seu homologo, Rúben, limitava-se a ser um espetador desta fase da partida.
Apesar do assédio constante à baliza adversário, o avançar do cronómetro foi causando nervosismo nos homens da casa que acabou por ter um peso determinante na última decisão, condição que os pacenses aproveitaram para manter a sua baliza inviolada.

A derrota por 3-0 na 1.ª eliminatória da Taça AFP frente aos vizinhos do Boim “colocaram a nú” algumas debilidades da turma do Macieira, anseios que se verificaram nesta 1.ª jornada com a equipa a ser copiosamente goleada na deslocação ao Raimonda. Um golo sofrido logo no primeiro minuto em muito contribuiu para a pesada derrota por 7-0 de uma equipa que ainda não pode contar com todos os atletas e apresentou-se nesta partida com apenas 14 elementos.
O treinador do Macieira, Célio Cunha, apontou essa falta de opções de um plantel que foi construído do zero e que é muito jovem para a pesada derrota, mas mostrou-se confiante que vai fazer um campeonato tranquilo: “As pessoas que não pensem que o Macieira vai ser o bombo da festa, porque quando tivermos todos os jogadores disponíveis vamos ter uma palavra a dizer”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA