PS, Bloco e PCP “querem um Parlamento de pés e mãos atados”

PS, Bloco e PCP “querem um Parlamento de pés e mãos atados”

251
0
COMPARTILHE

A JSD queria ouvir o Secretário de Estado da Juventude e Desporto do Ministério da Educação demissionário mas o Governo não acedeu ao pedido.

O presidente da JSD acusa a Esquerda de “dificultar a função fiscalizadora da Assembleia da República” por não aceitar o pedido de chamada ao Parlamento do antigo Secretário de Estado João Wengorovius Meneses.

“O PS, Bloco e PCP querem um parlamento offline: de pés e mãos atados para não beliscar a imagem da geringonça”, pode ler-se num comunicado enviado aoNotícias ao Minuto que cita o presidente da JSD Simão Ribeiro.

O deputado social-democrata reitera a necessidade de ver esclarecida a demissão do antigo Secretário de Estado da Juventude e Desporto do Ministério da Educação por não estrar de acordo com o “modo de estar no exercício de cargos públicos” de Tiago Brandão Rodrigues.

“O ‘modo de estar no exercício de cargos públicos’ pode ser muita coisa, e nenhuma delas boa”, pelo que a JSD queria saber qual era exatamente o teor deste desacordo com o Ministro da Educação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA