Derrocada na praia Maria Luísa foi “3 a 4 vezes” superior à...

Derrocada na praia Maria Luísa foi “3 a 4 vezes” superior à de 2009

O desmoronamento que no domingo se registou na praia Maria Luísa, sem causar vítimas, teve uma dimensão três a quatro vezes superior ao ocorrido em 2009 e que matou cinco pessoas, naquela mesma praia, segundo a Agência do Ambiente.

169
0
COMPARTILHE
Foto DR

De acordo com uma estimativa feita à Lusa pelo diretor regional da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Sebastião Teixeira, o peso do bloco que desmoronou no domingo à tarde equivale a 1.000 toneladas, embora os cálculos definitivos ainda não estejam feitos.

“Em termos de frente, foi três a quatro vezes superior ao acidente de 2009”, afirmou o responsável, indicando que o volume dos destroços decorrentes do acidente de 2009 tinha sido de 140 metros cúbicos, enquanto agora foi de 400 metros cúbicos.

As arribas da praia Maria Luísa têm uma altura média de 12 metros e o leixão que desmoronou em 2009 tinha “cerca de um terço do tamanho”, acrescentou.

O incidente de domingo ocorreu na zona poente da praia, exatamente no extremo oposto do local onde, a 21 de agosto de 2009, cinco pessoas morreram soterradas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA