“É hora de todo o povo agradecer o esforço heroico dos bombeiros”

“É hora de todo o povo agradecer o esforço heroico dos bombeiros”

Entre críticas e recordações, Alberto João Jardim deixa a sua opinião sobre os incêndios na Madeira e põe os "pontos nos i's".

167
0
COMPARTILHE

Alberto João Jardim reagiu aos “catastróficos incêndios” que devastaram a Madeira, através da sua página oficial do Facebook, e relembrou tudo o que foi feito durante a sua governação para que a região estivesse pronta para uma desgraça como esta. Na sua publicação, o histórico madeirense mostrou ainda que este tema constituiu “pretexto para considerações de ordem política”.

O social-democrata recorda que os seus governos “criaram o Serviço Regional de Proteção Civil”, construíriam “novos quartéis de forma a cobrir todos os concelhos” e “infra-estruturas diversas sem as quais seria impossível o acesso e a disponibilidade de água e de outros meios” e “entregaram viaturas e material comprovadamente adequado”. Quanto ao último ponto, Jardim atira ainda uma ‘farpa’ aos “energúmenos” que fizeram dessas entregas um “alvo de chacota”.

Perante tal tragédia, Alberto João Jardim alerta: “É necessário retirar lições das consequências de fundamentalismos pseudo-culturais, ditos de “ordenamento”, que criam zonas altamente combustíveis em prédios abandonados por não os deixam ser atrativos em termos de investimento para a sua reabilitação. Ou de fundamentalismo sobre ‘propriedade privada’ que impedem a limpeza das respetivas matas. Questões que nos valeram feroz oposição”.

Agora, e apesar de algumas críticas, o político diz que “é hora de todo o povo agradecer o esforço heroico dos bombeiros, bem como a louvável intervenção impecável das Forças Armadas e das Forças de Segurança, assim como dos Trabalhadores de todos os Serviços e Empresas cooperantes, e ainda das Instituições de Voluntariado e de Solidariedade Social. E, com Justiça, louve-se igualmente o empenho e o esforço das Autoridades regionais, autárquicas e nacionais”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA