Associação Social e Cultural de Louredo celebrou 37.º aniversário

Associação Social e Cultural de Louredo celebrou 37.º aniversário

Presidente da instituição afirma que associação irá ver respostas sociais reforçadas com inauguração de um Espaço Sénior, já em Julho e de um Lar Residencial que acredita estará a funcionar a breve trecho.

281
0
COMPARTILHE
Fotografia: Câmara de Paredes

A Associação Social e Cultural de Louredo completou, no passado domingo, o 37.º aniversário com a já tradicional prova de atletismo 5.ª Milha Corre em Louredo que contou com a presença de centenas de atletas, uma missa e homenagem ao fundador da instituição, Domingos Freire Pacheco, com a deposição de uma  coroa de flores ao primeiro presidente da instituição.

Falando do aniversário da coletividade, o presidente da Associação Social e Cultural de Louredo, Lino Costa, recordou que a instituição a que preside é já uma referência no concelho e nos municípios vizinhos Penafiel, Lousada e Paços de Ferreira, estando prevista a inauguração no início de julho de uma nova valência, o Espaço Sénior, a juntar ao ATL ao Jardim de Infância (JI) e ao Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) respostas sociais que a instituição já disponibiliza à comunidade.

Sobre a nova valência, Lino Costa esclareceu que a nova valência vai funcionar na antiga escola da Estrada n.º 1, que foi doada pela Câmara de Paredes à associação, uma resposta social que vai promover o apoio à comunidade sénior, facultando-lhe as refeições, um leque de atividades durante o dia, potenciando o envelhecimento ativo desta faixa populacional assim como o desenvolvimento e acompanhamento psicossocial.

Lino Costa realçou que a inauguração desta nova valência é um desiderato que ele e os demais órgãos sociais da associação vinham perseguindo há muito tempo e que vai finalmente ser cumprido, sendo esta uma resposta  social comparticipada pela Associação Social e Cultural de Louredo em articulação com a Câmara de Paredes.

A nova valência tem capacidade para 20 a 25 utentes e irá acolher utentes da freguesia e de outros concelhos limítrofes ao de Paredes.

Além do Espaço Sénior, Lino Costa confessou que a instituição está a trabalhar no sentido de colocar em funcionamento um Lar Residencial também para a população sénior como forma de combater o isolamento a que os idosos muitas vezes estão sujeitos, garantir-lhes o apoio e as condições necessárias para ter qualidade de vida e bem-estar.

“Já tenho  o projeto, falta apenas a sua aprovação. Estou convencido que se tudo correr como previsto estará aprovado a curto prazo”, frisou, sustentando que o Lar Residencial irá funcionar no mesmo edifício do Espaço Sénior, sendo, igualmente financiado pela Associação Social e Cultural de Louredo e pela Câmara de Paredes.

O lar residencial terá capacidade para 11 utentes.

A Associação Social e Cultural de Louredo no total de valências abrange entre 600 a 625 utentes.

Refira-se que a Associação Social e Cultural de Louredo  foi criada criada em 1982.

Em 29 de outubro de 1990 foi assinado um protocolo com a Segurança Social com o objetivo de criar o ATL (Atividades de Tempos Livres).

A 3 de maio de 2000, a associação adquire o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social.

Em 2009, a coletividade avança com um pedido de apoio para dispor do Serviço de Apoio ao Domicilio  e em 15 de Abril de 2011, foi apresentado idêntico pedido ao Proder, para a abertura do Jardim Infância da Associação Social e Cultural de Louredo,

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA