Autarquia promove Festival da Flor com programa cultural diversificado

Autarquia promove Festival da Flor com programa cultural diversificado

Festival integra, também, um mercado de flores, exposições, degustação de chás, visitas guiadas temáticas e um concerto.

424
0
COMPARTILHE

A Câmara de Paredes promove no dias 30 e 31 de março a segunda  edição do Primavera Festival da Flor, certame que conta para além da plantação de um jardim, tem como objectivos dar a conhecer as camélias centenárias existentes na Casa da Cultura.

A mostra deste ano inicia com a abertura do mercado e a exposição de flores numa visita guiada às camélias da Casa da Cultura, seguindo-se a realização do mercado das flores, espaço que junta vários actores ligados a esta área com demonstração e elaboração de arranjos florais e degustação de chás florais.

No dia 30, destaque, também, da actividade degustação de chá “Chapéu e Flor”, com leituras de poemas de Shopia de Mello Breyner Andresen e inauguração da exposição de fotografia o Jardim de Camélias, de Mafalda Ruão.

O festival integra, também, um mercado de flores, exposições, degustação de chás, visitas guiadas temáticas e um concerto.

Assim, durante dois dias, as flores tomam conta dos espaços interiores e exteriores do Palacete da Granja, num mercado aberto das 11 às 17 horas, estando prevista uma visita guiada às camélias dos jardins da Casa da Cultura.

Durante a tarde de sábado, 30 de março, o programa do “Primavera Festival da Flor” reserva uma degustação de chá, acompanhada pela leitura de poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, à qual se seguirá a abertura da exposição de fotografia “O Jardim de Camélias”.

No dia 31 de Março, o destaque vai para a sessão de contos orientais “Ao redor das camélias fumegam histórias de uma chávena de chá”, por Cândida da Luz, numa actividade direccionada para os mais pequenos.

Pelas 15h00 realiza-se o desfile de chapéus e vestidos de flores.

Recorde-se que foi lançado o desafio às juntas de freguesia para a decoração de chapéus de palha com motivos primaveris e às modistas do concelho para produzirem vestidos alusivos à Primavera.

O mercado das flores, que decorrerá no relvado daquele espaço cultural da cidade paredense, continua ao longo do dia domingo, 31 de março. À semelhança da edição anterior está previsto um desfile de vestidos e chapéus de flor, onde participam representantes das freguesias do Concelho.

Uma sessão de contos orientais sobre camélias, pela voz de Cândida da Luz, é o mote para um programa em família à volta de uma chávena de chá e histórias. Esta ação tem um custo de três euros e requer inscrição prévia.

Os sons de Primavera chegam-nos pela Orquestra Ligeira do Vale do Sousa que encerrará no domingo o “Festival da Flor”, com um concerto, pelas 17h00.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA