Caíde de Rei conquistou primeira vitória

Caíde de Rei conquistou primeira vitória

Hélder Silva regressa ao Aparecida com um empate

216
0
COMPARTILHE

Dando sequência às boas indicações que deixou na ronda anterior (apesar de derrotado em Rio de Moinhos), o Caíde de Rei somou, ao fim de 8 jornadas, a primeira vitória no campeonato e logo no terreno de um dos líderes da classificação.
A equipa, agora comandada por Tiago Moreira, entrou bem no jogo e logo nos instantes iniciais dispôs de dois livres diretos à entrada da área e em ambos os lances, Hélder Lopes obrigou o guardião rival a duas defesas apertadas.
A partir daí o jogo passou a ser mais equilibrado e muito disputado no centro do terreno e a vontade e raça dos caidenses em somar os três pontos acabou por ser determinante para o triunfo que chegou sensivelmente a meio da etapa complementar com mais um golo do avançado Cardoso, isto minutos depois de Martins ter desperdiçado uma ocasião soberana à boca da baliza.
Os 3 pontos conquistados não tiraram o Caíde de Rei da última posição da tabela, mas a vitória será certamente uma motivação extra para a receção ao Felgueiras “B” e para a equipa dar início à recuperação.

Hélder Silva regressa ao Aparecida com um empate

Depois da saída de Sérgio Magalhães, o Aparecida não perdeu tempo para arranjar solução para o comando técnico da equipa sénior que passou pelo regresso de Hélder Silva.
O treinador que na temporada passada levou o Aparecida a um excelente 3.º lugar da série, regressou ao banco para a receção ao líder S. Lourenço Douro e uma “estreia” que esteve muito perto de ser feliz. Melhor em todo o jogo, os homens da Vila Mítica só perto do final conseguiram materializar a superioridade com um golo de Miguel Armando. Contudo, a turma do Marco de Canaveses, num último suspiro e na compensação, conseguiu chegar à igualdade.

Lousada “B” derrotado em Felgueiras

Depois do 2-4 na receção ao Salvadorense, o Lousada “B” sofreu nova derrota pelos mesmos números, agora na deslocação à equipa B do Felgueiras.
Com uma política de manter os atletas da equipa principal com ritmo competitivo, os felgueirenses apresentaram-se com um 11 maioritariamente constituído pelos jogadores não convocados pela equipa principal desta ronda do CNS e aos 10 minutos de jogo já venciam por 2-0. Numa bela partida de futebol, com as equipas a procurar jogar de forma ofensiva, os lousadenses conseguiram chegar à igualdade ainda antes do descanso, com golos de Zé Miguel na sequência de um pontapé de canto e de Piri, que desarmou o guarda-redes e atirou para a baliza deserta.
Motivados pela recuperação no marcador, os lousadenses entraram melhor no segundo tempo e Rafa Faria e João Faria em dois remates à entrada da área obrigaram Juninho a duas defesas complicadas. No entanto, a maior experiência dos locais foi decisiva e em apenas três minutos, Vaqueiro e Pedro Ribeiro, aproveitaram duas desatenções no corredor central para se isolarem e sentenciarem a partida.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA