Câmara de Paredes promove ciclo de presidências participativas

Câmara de Paredes promove ciclo de presidências participativas

194
0
COMPARTILHE

A Câmara de Paredes iniciou no dia 31 de maio na freguesia de Aguiar de Sousa um ciclo de conferências que vai abranger todas as freguesias do território.
O presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida, confirmou que este ciclo visa conhecer os problemas que afetam todo o território, contribuindo para reforçar a proximidade e a participação.
“A Câmara Municipal de Paredes já tem os problemas identificados, mas queremos envolver as pessoas, os agentes e atores locais assim como as associações na discussão de temas e dos projetos que são de interesse acrescido para as suas freguesias”, disse, sustentando que este périplo pelas freguesias tem como propósito partilhar os projetos que a autarquia tem já gizados e que pretende implementar a nível local.
Falando da visita a Aguiar de Sousa, o autarca reconheceu que esta freguesia sofre de vários problemas estruturais.
“O território não é só indústria do mobiliário, o sul do concelho tem todo um conjunto de potencialidades, nomeadamente ao nível da agricultura e do turismo que importa fomentar. O projeto do Parque Serras do Porto é, sem dúvida, uma mais-valia para Paredes e para os demais dois concelhos que integram este projeto, Valongo e Gondomar, tem dado contributos nesse sentido, e cabe a autarquia de Paredes responder a esse apelo e estimular a industria do turismo no sul do concelho. Este foi precisamente um dos temas que abordados”, expressou, sublinhando ter ficado agradado com a resposta da comunidade local ao desafio que foi levantado.
“Senti recetividade das forças vivas de Aguiar de Sousa, houve uma adesão em massa e alguns dos atores com quem contactamos colocaram questões que não tínhamos colocado como prioritárias, que são relevantes para o sul do concelho e que iremos contemplar”, acrescentou, assumindo que a câmara deve estar mais próxima das pessoas em cada uma das freguesias em diálogo com as Juntas, com as Instituições e com os munícipes.
A freguesia de Astromil é a próxima a ser visitada no âmbito das presidências participativas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA