“Câmara de Paredes vê-se obrigada a cumprir funções da administração central”, diz...

“Câmara de Paredes vê-se obrigada a cumprir funções da administração central”, diz PSD Paredes

Os artigos publicados neste espaço são da inteira responsabilidade dos seus subscritores

158
0
COMPARTILHE

Dotar as forças de segurança de meios materiais e humanos, para que possam zelar pela segurança dos cidadãos, é uma responsabilidade da administração central. O governo tem o dever de desenhar o orçamento do Estado sem descurar uma área deveras importante para a vida de todos os portugueses: a segurança.
Mas o governo tem falhado, não só na área da segurança, como em várias áreas vitais para o desenvolvimento do país. Paredes, como outros concelhos, ressente-se das políticas levadas a cabo pelo Partido Socialista nos últimos quatro anos. Um exemplo gritante deste falhanço é o facto de a GNR não possuir meios suficientes para que o programa “Escola Segura” possa efetivamente zelar pela segurança das nossas crianças e jovens que frequentam as escolas do concelho. É importante lembrar que este programa visa prevenir e reduzir a violência, comportamentos de risco e incivilidades, bem como melhorar o sentimento de segurança no meio escolar e envolvente, com a participação de toda a comunidade.
A Câmara Municipal de Paredes, não só reconhece a falha do governo, como se substituiu à administração central e decidiu comprar um carro para doar à GNR. O PSD Paredes reconhece essa necessidade das forças de segurança e considera que os meios disponibilizados possibilitarão a prestação de melhores serviços à população, mas censura, de forma veemente, a atitude subserviente do executivo municipal em querer agradar ao governo socialista, fazendo-lhe mais este favor, usando para tal o dinheiro do orçamento do município, que devia ser canalizado para outras obras e serviços, esses sim de âmbito municipal!
O PSD Paredes recusa-se a compactuar com estas manobras políticas e exige ao executivo de Alexandre Almeida que, doravante, reivindique junto do governo da nação aquilo a que Paredes tem direito, atitude que está longe de caracterizar a sua ação. O concelho de Paredes precisa de uma voz forte, que efetivamente garanta o respeito pelos munícipes, sem que ande a reboque dos camaradas do governo.

PSD Paredes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA