Detidos por violência doméstica em Lousada e Marco de Canaveses

Detidos por violência doméstica em Lousada e Marco de Canaveses

592
0
COMPARTILHE

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, nos dias 12 e 14 de junho, deteve dois homens, de 43 e 26 anos, pelo crime de violência doméstica, nos concelhos do Marco de Canaveses e Lousada, respetivamente.

Na situação de Marco de Canaveses e na sequência de uma investigação, a GNR apurou que o agressor já tinha sido condenado por violência doméstica na Alemanha. A vítima, após anos de maus tratos, regressou a Portugal, tendo o agressor continuado a persegui-la, continuando a exercer ameaças e violência psicológica.

Depois de detido, o suspeito foi presente a 1.º Interrogatório Judicial no Tribunal de Instrução Criminal do Marco de Canaveses, no dia 13 de junho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a vítima por qualquer meio e afastamento da residência.

No caso de Lousada, no dia 14 de junho, os militares detiveram pela terceira vez, outro homem, de 26 anos, que na sequência de uma investigação que decorria há cerca de quatro meses, já havia sido detido duas vezes para aplicação de medidas de coação, violando-as reiteradamente. O agressor, inconformado com o fim do relacionamento, perseguia, insultava e agredia reiteradamente, a ex-companheira.

No seguimento do não cumprimento do que lhe havia sido imposto, voltou a ser detido para revisão das medidas de coação, tendo-lhe sido aplicada, no mesmo dia, a medida de proibição de contactos com a vítima com controlo por pulseira eletrónica.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA