DIREITO DE RESPOSTA de Saúl André de Sousa Ferreira Presidente da Assembleia...

DIREITO DE RESPOSTA de Saúl André de Sousa Ferreira Presidente da Assembleia – Geral da AHBV de Cête

850
0
COMPARTILHE

Na sequência do comunicado enviado pelo Exmo. Senhor Comandante dos Bombeiros Voluntários de Cête, publicada no dia 05 de Julho de 2019, pelo Jornal “Yes-Notícias” na sua versão “online”, em que  o signatário, na qualidade de presidente da Assembleia Geral da Associação Humanitária da mesma corporação,  venho, ao abrigo do artigo 24º da Lei de Imprensa, solicitar a publicação do seguinte direito de resposta, com igual destaque e tão rapidamente quanto possível:

 

O Exmo. Senhor Comandante Noel Ferreira, apesar de ter referido à imprensa, aquando da  demissão em bloco da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cête, que apenas se pronunciaria após as eleições entretanto agendadas para o próximo dia 07 de Julho, veio sem que se conheça o propósito da oportunidade do seu comunicado hoje difundido, e contrariando a “palavra” anteriormente assumida, desdizer-se, e sem qualquer tipo de fundamento ou verdade, colocar em causa a minha idoneidade na condução do processo.

 

Assim, e em nome da verdade e da transparência com que sempre pautei a minha conduta e aminha postura, venho esclarecer dois pontos em que as mesmas são colocadas em causa:

 

  • No ponto 1 C) intitulado “o Comandante Recusou”, do comunicado do Sr. Comandante em que afirma “– Mentira. Foi comunicado ao demissionário presidente da assembleia geral, no dia 15 de junho, durante a tarde, que estava disponível a dialogar com toda a direção, ficando agendado para dia 17 de junho. Nada mais me foi comunicado, uma vez que apresentaram a demissão no dia 15 junho à noite.”

 

O Exmo. Senhor Comandante falta à verdade de forma despudorada, isto porque o último contacto que tive com o mesmo foi no dia 14/06/2019, à noite, no seu gabinete de comando na presença de vários bombeiros, e perante a minha sugestão de se sentar à mesa com toda a direção para se atingir um entendimento, este afirmou, textualmente, que aceitava reunir-se com a direção mas sem a presença do Exmo. Senhor. Presidente da direção.

Mais nenhum contacto houve entre mim e o Exmo. Senhor Comandante até à demissão da direção ocorrida no dia 15/06/2019 à noite, pelo que é falso que alguma vez tenha sido contatado por quem quer que seja, para agendar uma reunião para o dia 17/06/2019, entre comandante e direção.

 

  • Quanto à afirmação – “Não percebo como não chegou esta informação aos restantes diretores”. Chegou conforme me foi transmitida.

 

Ainda nas suas notas de esclarecimento refere no ponto 1E) no número 5:

  • Foi comunicado pelos bombeiros ao Presidente da Assembleia, na minha presença – “Não queremos nem vamos procurar qualquer confusão.”

 

É verdade que tal me foi comunicado, e dessa mesma forma transmitido à direção.

 

Mas não foi só isso que me foi transmitido, também foi referido que o corpo ativo estava do lado do comandante, e que se este se demitisse todos os bombeiros sairiam com ele e que já havia colegas a preencherem as fichas para pedido de transferência de quartel e outros a pedirem a passagem ao quadro de reserva.

 

Quem o fez, disse estar em representação de todos os bombeiros.

 

Tudo isto foi desta forma transmitido à direção, que em face deste facto se demitiu.

 

Assim se conclui, que não foi transmitida só “a metade da mensagem” que agora o Exmo. Senhor. Comandante quer fazer crer ou que a culpa não foi da mensagem mas sim do mensageiro, e mais uma vez, falta de forma ostensiva à verdade.

 

Estou ligado à Associação Humanitária há mais de 17 anos, e sempre tive uma postura vertical e agi sempre em nome dos superiores interesses daquela, tendo até sido recentemente agraciado com a medalha por serviços distintos prestados à corporação, pelo que não podia, em consciência deixar de publicamente defender-me, e repor a verdade.

Saúl André de Sousa Ferreira
Presidente da Assembleia – Geral da Associação
Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cête

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA