Estacionamento, rede viária e central de camionagem dominaram o debate promovido pelo...

Estacionamento, rede viária e central de camionagem dominaram o debate promovido pelo PSD Lousada

Plano de Pormenor da Praça do Românico em discussão

1066
0
COMPARTILHE

Na passada segunda-feira, a sala da Assembleia Lousadense escolhida para o debate sobre o Plano de Pormenor da Praça do Românico, promovido pelo PSD Lousada, encheu-se de lousadenses, alguns deles arquitetos e engenheiros, que quiserem ouvir e partilhar opiniões sobre o projeto que está a nascer em Lousada e que está em discussão pública por um período de 30 dias.
Na sessão esteve presente o arquiteto Henrique Marques, da Spaceworkers, Gabinete responsável pelo projeto da Praça do Românico, que apresentou as linhas gerais do mesmo.

Falta de estacionamento poderá originar problemas

Do público presente, foram muitas as dúvidas e as sugestões apresentadas. Observado o projeto, percebe-se que, para além das construções que rodearão a Praça do Românico e que terão como limite os quatro pisos, surgirão novos espaços comerciais. Estas duas circunstâncias seriam, por si só, suficientes para esgotar o estacionamento previsto. “Imagine-se, agora, em dias de espetáculo. Será o caos”, afirmou uma das intervenientes.
A preocupação com o número de lugares de estacionamento, foi, aliás, consensual e levou alguns dos participantes a questionarem o arquiteto Henrique Marques sobre a possibilidade de construção de um piso subterrâneo para estacionamento. O arquiteto confirmou a viabilidade de um projeto dessa natureza, que acarreta, no entanto, um maior esforço financeiro.
Para além da escassez de estacionamento, Fausto Oliveira, presidente da Junta da União de Freguesias, que integra Silvares, lembrou que a configuração da rede viária prevista fará confluir o trânsito para a Praça das Pocinhas, o que poderá adensar os problemas de fluidez de tráfego que já se fazem sentir. “Não falei em tirar o trânsito do centro. Mas é mais uma rua que vai ‘desaguar’ numa rua só”.
Ainda a propósito da rede viária, recolheu largo consenso a ideia de unir a Praça das Pocinhas à Praça do Românico, harmonizando os dois espaços, o que levaria à supressão da rua que as separa. O arquiteto Henrique Marques referiu que chegou a ser equacionada essa possibilidade e que, no futuro, existindo alternativas na rede viária, poderá vir a concretizar-se.

Central de camionagem no local fortemente contestada


Fortemente contestada foi a criação de uma central de camionagem mesmo ao lado do Centro Interpretativo da Rota do Românico. Para muitos lousadenses, este espaço não terá as condições para funcionar como uma plataforma intermodal (que, de facto, falta em Lousada) e será ruído visual no local, constituindo também um incómodo para os moradores, que serão perturbados pelo ruído diário dos autocarros que ali pararão muito cedo. Foi ainda lembrado que o PDM contempla uma Estação de Camionagem num outro local, próximo da rotunda do Hospital, pelo que os presentes consideraram incompreensível a construção de uma infraestrutura destas junto à Praça do Praça do Românico.

Que eventos poderá acolher o edifício subterrâneo?

Muitos participantes quiseram também conhecer as funcionalidades do edifício subterrâneo que vai nascer, resultado do aproveitamento do desnível do terreno. O arquiteto responsável pelo projeto esclareceu que não será uma sala de espetáculos com a climatização e o conforto de um Pavilhão Atlântico. “Será uma rua coberta”, afirmou, explicando, no entanto, que estão pensadas alguns “truques” para dotar o espaço de condições acústicas, que nunca serão excelentes. Trata-se de um espaço generalista, que poderá receber vários tipos de eventos e cuja vitalidade “dependerá do que o programa cultural conseguir alimentar”, explicou.
O projeto levantou ainda algumas reservas no que diz respeito aos terrenos ainda sem construção que rodeiam a Praça, pois não existem quaisquer dados que permitam saber quando irão surgir e se irão surgir, visto que são propriedade privada.
Fazendo uma oposição construtiva, a Comissão Política do PSD Lousada continuará a reunir contributos para a melhoria do projeto da Praça do Românico, que, oportunamente, apresentará em reunião de Câmara.

Gabinete Comunicação
PSD Lousada

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA