Expositores do Mercado Histórico de Lousada salientam qualidade do certame

Expositores do Mercado Histórico de Lousada salientam qualidade do certame

119
0
COMPARTILHE

Também os expositores presentes no certame realçaram a qualidade do evento e as alterações verificadas na edição deste ano, reconhecendo que o Mercado Histórico é já ponto de referência para os expositores que faz convergir para Lousada pessoas de várias localidades.
Albina Coelho, Vila de Conde, uma expositora habitual em Lousada, destacou que o Mercado Histórico começa a afirmar-se na região e noutros concelhos como um certame de referência não apenas para o público, mas, também, para os expositores que vêem no evento uma oportunidade para apresentar os seus produtos e angariar potenciais clientes.
“Embora os municípios estejam a apostar cada vez mais neste tipo de eventos, o Mercado Histórico em Lousada é já uma aposta ganha”, disse, sustentando que os vários quadros que foram sendo retratados, a presença dos almocreves, tropas, correios e outros viajantes, da música e das encenações contribuiu para atrair mais público e dar uma maior dimensão ao certame cultural.


Ruben Lima, do Algarve, ressalvou também, o caráter ímpar do Mercado Histórico que pelos seus quadros e encenações atrai muitas pessoas e permite recriar aspetos do quotidiano medieval num cenário agradável.
“Fazemos vários certames no país, no ano passado estivemos em Lousada e este ano regressamos porque este é de facto um evento ímpar, que agrega muito público, comercialização de produtos e com inúmeras atividades. Trazemos espécies, aves de rapina, que concitam a atenção do público. Para este cerame trouxemos dois bufos ibéricos, águias, um bufo africano, falcões, espécies que existem em Portugal e que poucas pessoas conhecem”, afiançou, sustentando que evento tem crescido e isso para os expositores, também, é positivo.

Maria Faria, de Vizela, confessou-se, também, rendida ao Mercado Histórico, assumindo que este evento é um acontecimento de importância cultural que atrai muita gente.
“Trata-se de um evento único e espetacular, com animação constante, atividades e números a acontecer em simultâneo, comes e bebes e tudo isso ajuda a mobilizar as pessoas. É um excelente evento e promove a vila de Lousada”, acrescentou, saudando a aposta da organização em prolongar o evento por mais dias. “Julgo que este é um certame que tem tudo para se afirmar e continuar a crescer”, declarou esta vendedora de crepes.


Luís Valente, de Espinho, apesar de ter estado pela primeira vez em Lousada, ressalvou a forte presença de público ao longo dos vários dias, o movimento em torno dos comes e bebes e as atividades culturais que aconteceram ao longo do certame e fazem deste evento um acontecimento com um forte significado cultural.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA