Leite-Creme e Sarrabulho Doce de Lousada na 2.ª fase das 7 Maravilhas...

Leite-Creme e Sarrabulho Doce de Lousada na 2.ª fase das 7 Maravilhas Doces de Portugal

Evento tem como objetivo eleger os melhores Doces de Portugal, enfatizando a tradição e a inovação, associadas a determinada região do país.

732
0
COMPARTILHE
Fotografia: Câmara de Lousada

O Sarrabulho Doce e o Leite-Creme de Lousada passaram à 2.ª eliminatória das 7 Maravilhas Doces de Portugal, evento que se realiza desde 2007 que tem como objetivo  promover os melhores doces de Portugal, enfatizando a tradição e a inovação, associadas a determinada região do país.

De salientar que a candidatura do Sarrabulho Doce foi apresentada pela Confraria do Sarrabulho Doce de Caíde de Rei.

Contactada pelo Yes Notícias, a vereadora do Turismo, Cristina Moreira, reconheceu que  a passagem à 2.ª eliminatória do evento é motivo de orgulho para o concelho, comprova a excelência dos seus recursos endógenos, neste caso, da sua gastronomia e doçaria, sendo estes valores veículos determinantes para atrair mais pessoas e turistas para o concelho.

“Obviamente que estar entre os melhores doces do país é motivo de orgulho para o concelho. Lousada é um município conhecido pelos seus valores endógenos, pelos seus recursos e esta eleição comprova isso mesmo”, disse, sustentando que a realização dos fins de semana gastronómicos contribuiu definitivamente para promover estas duas iguarias.

A autarca reiterou a ideia de que a candidatura às 7 Maravilhas Doces de Portugal além de  dar a conhecer os produtos e iguarias que se fazem no município dão a conhecer a identidade e história do território.

Ao nosso jornal, a responsável pelo pelouro do turismo já tinha afirmado existirem muitas probabilidades dos doces típicos de Lousada serem premiados, pois estas iguarias são muito conhecidas e de um gosto muito apreciado.

“ Têm história e carregam uma identidade própria das gentes que durante mais de um século as confecionam, sempre de forma artesanal e a marcar os momentos mais festivos da nossa cultura. Claro que não basta gostar, temos que votar e esperar que todos os que já visitaram Lousada provaram as suas iguarias, também votem…”, expressou.

Cristina Moreira realçou, por outro lado, que a autarquia tem concretizando várias ações de promoção do concelho que vão das que dependem diretamente do setor do turismo, nomeadamente, o Festival Internacional de Camélias e Fins de Semana Gastronómicos,, o Festival Tradicional de Lousada, o Festival VILA, a outras atividades desportivas, o Rally Portugal, Corrida de Carnaval, corrida 100K, entre tantas outras, que têm contribuído para promover o concelho assim como os seus recursos endógenos.

A vereadora recordou, também, que está a ser implementado, através do Plano de Desenvolvimento Social (PDS) da Rede Social, o Plano Estratégico para a promoção do Turismo de Lousada 2020 que visa alavancar o território em três domínios o setor cultural, o setor do desporto e a aposta mo turismo industrial.

A concurso vão estar 140 doces candidatos, de 20 regiões portuguesas (18 distritos de Portugal continental, Açores e Madeira) passando 28 a pré-finalistas e 14 a finalistas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA