Lousada Indoor Open II: Espanhola Celia Cervino trava Francisca Jorge

Lousada Indoor Open II: Espanhola Celia Cervino trava Francisca Jorge

78
0
COMPARTILHE

Já tinha 17 vitórias consecutivas em Lousada. Esta sexta-feira, dia 1, ante a espanhola Celia Cervino Ruiz, a portuguesa Francisca Jorge tentava manter a invencibilidade em encontro dos quartos de final. Mas não lhe correu nada bem. Entrou mal no encontro, não conseguiu encontrar argumentos para contrariar o bom momento da galega que atinge, com todo o mérito, diga-se, as meias-finais do Lousada Indoor Open. 6-1 e 6-0 foi o resultado de um duelo de sentido único e no qual Kika foi uma sombra do que costuma ser. Mas não belisca em nada a sua evolução ou prestação no sítio onde foi mais feliz desportivamente até ao momento: Lousada.

Quando a Celia Cervino Ruiz, tem evoluído tanto que está quase irreconhecível. Basta recuar uns meses e perceber que a Célia que jogou o qualifying em Montemor não é a mesma que está aqui em Lousada: Autoritária, determinada, a dominar o ponto e a surpreender todas as oponentes que tem encontrado pelo caminho. E já são 5 vitórias consecutivas (uma vez que vem de disputar a fase de apuramento). Mas terá um obstáculo complicado na meia-final: Margaux Orange.

Margaux Orange

A francesa que divide o ténis com o curso de química na Universidade de Grenoble voltou a mostrar que também é uma séria candidata ao título. Hoje, deixou pelo caminho a primeira cabeça de série, a espanhola Marina Bassols Ribera, por 6-7 (6), 6-4 e 6-2. Amanhã, veremos o que irá fazer com Celia Cervino Ruiz.

Ioana Rosca

A outra semifinal terá como intervenientes Ioana Rosca, segunda pré designada, e a checa Linda Noskova. A romena, voltou a dar-se bem com uma tenista francesa, desta feita Jade Suvreijn. Precisou de duas partidas (6-2 e 7-6) para levar de vencida a experiente jogadora de Montpelier que tentou tudo para conseguir encontrar uma forma de contrariar Rosca, sem êxito.

Linda Noskova

Já a jovem checa Linda Noskova, de apenas 14 anos, reencontrava Droguet depois de ter sido eliminada por ela na semana passada (fruto da inexperiência) e vingou a derrota infligida pela gaulesa, triunfando em três partidas, pelos parciais de 3-6, 6-2 e 6-4.

Na variante de pares, a final será disputada pelas duplas Francisca Jorge (Por)/Olga Parres Azcoitia (Esp) e Ana Filipa Santos (Por)/Almudena Sanz (Esp). Nas meias-finais, Kika e Olga derrotaram Matilde Jorge e a espanhola Celia Cervino Ruiz, por 7-5 e 6-3, ao passo que Santos e Sanz superaram Orange e Robbe, por 6-4 e 7-6 (2).

O Lousada Indoor Open vai decorrer até ao próximo dia 3 de Novembro nos courts cobertos do Lousada Ténis Atlântico e distribui 13.500 euros em prize money.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA