Lousada Indoor Open: Inês Murta supera estreia com dificuldades

Lousada Indoor Open: Inês Murta supera estreia com dificuldades

65
0
COMPARTILHE
Inês Murta

A algarvia Inês Murta começou da melhor maneira a sua participação neste primeiro torneio Lousada Indoor Open, ao derrotar a também lusa, Leonor Oliveira, mas foi obrigada a aplicar-se a fundo. Num encontro muito disputado, Murta, necessitou de três sets para bater a tenista que regressou ao CAD (Colégio Amor de Deus)- depois de alguns anos no Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis-, fazendo o em três partidas, pelos parciais de 6-2, 4-6 e 6-2. Terceira cabeça-de série do torneio, Inês Murta, que está acompanhada pelo técnico André Podalka, terá que esperar pelo encontro de amanhã para conhecer a sua adversária, num duelo que irá opor a irlandesa Sinead Lohan a Selena Janicijevic, tenista francesa que tem um enorme potencial.
Mariana Campino e Madalena Amil, as outras duas jogadoras portuguesas igualmente em acção neste primeiro dia do quadro principal de singulares, não conseguiram encontrar soluções para levar de vencidas as espanholas Almudena Sanz e Angeles Moreno Barranquero, respectivamente.
Campino perdeu para Sanz por 6-4 e 7-5, deixando alguns bons indicadores na sua evolução, ao passo que Amil, que entrou muito bem ante Moreno Barranquero (esteve a ganhar por 2-0), acabou por ser batida por 6-3 e 6-3.

Aubane Droguet

Nos outros dois encontros de singulares, a espanhola Ainhoa Atucha Gomez bateu a israelita Shelly Bereznyak, por 6-1 e 7-6 (7). enquanto a francesa Aubane Droguet, finalista vencida da edição do ano passado, superou com distrinção a lucky loser ucraniana radicada em Portugal, Elizabeth Hamalyi, por 6-4 e 6-2.
Entretanto, também se disputou a primeira ronda de pares, com Inês Murta e a francesa Jade Suvrijn a começarem da melhor maneira levando de vencidas as russas Ksenia Kolesnikova e Anastasia Mironova, por 6-3 e 6-0. A irlandesa Sinead Lohan e a checa Linda Noskova foram superiores a Yarden Akler e Darya Schwartzman, as quais venceram por 7-6 (4) e 6-0.
Para hoje, dia 23, estão agendadas as estreias de Francisca Jorge, que mede forças no seu regresso a uma casa que a fez muito feliz em 2018, com a israelita Darya Schwartzman (10h), Maria Inês Fonte terá pela frente a lituana proveniente da fase de qualificação Andre Lukosiute, e, por último, Ana Filipa Santos joga a continuidade em prova defrontando a germânica Franziska Sziedat.
O Lousada Indoor Open está dotado com 15 mil dólares (cerca de 13.500€) em prémios monetários. A entrada é livre mas com acesso reservado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA