MAI determina fiscalização da atividade da empresa de segurança privada PSG

MAI determina fiscalização da atividade da empresa de segurança privada PSG

523
0
COMPARTILHE
O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, determinara já na última noite o encerramento da discoteca K Urban Beach | Lusa

O Ministro da Administração Interna determinou à PSP a realização de uma ação de fiscalização da atividade da empresa de segurança privada PSG.

Será também convocado o Conselho de Segurança Privada para análise da situação ocorrida no estabelecimento K Urban Beach.

Este Conselho é um órgão de consulta do Ministro da Administração Interna que integra a Inspetora Geral da IGAI, o Comandante Geral da GNR, o Diretor Nacional da PSP, o Diretor Nacional do SEF, o Diretor Nacional da PJ, o Secretário Geral do MAI e representantes de associações de empresas de segurança privada e de associações representativas do pessoal de vigilância.

A medida cautelar de encerramento do estabelecimento K Urban Beach, hoje decidida pelo Ministro da Administração Interna, visa evitar novas ocorrências no interior ou nas imediações do referido espaço e a manutenção da segurança e ordem públicas. A decisão tem em conta as 38 queixas ocorridas ao longo do ano de 2017 por alegadas práticas violentas ou atos de natureza discriminatória ou racista.

A medida cautelar tem o prazo de seis meses, período durante o qual o proprietário do estabelecimento deve adotar as medidas necessárias ao regular funcionamento do mesmo que vierem a ser determinadas pelo Comando Metropolitano de Lisboa da PSP no que respeita às condições de segurança.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA