Mais de 200 pessoas participaram no Dia Mundial da Atividade Física

Mais de 200 pessoas participaram no Dia Mundial da Atividade Física

Iniciativa teve como objetivo promover a atividade física, a intergeracionalidade e o exercício físico.

392
0
COMPARTILHE

Mais de 200 pessoas, entre idosos e mais novos, num verdadeiro encontro intergeracional, participaram nas várias atividades do Dia Mundial da Atividade Física que decorreu no Pavilhão Municipal de Paredes.

A iniciativa teve como finalidade promover a atividade física como ferramenta potenciadora da saúde e qualidade de vida dos cidadãos.

A atividade teve, também, como propósitos sensibilizar a população em geral e os seniores que se fizeram igualmente representar acompanhando os exercícios propostos, para a importância do exercício físico e os seus benefícios na manutenção da saúde e qualidade de vida das pessoas.

O evento contou com a realização de aulas de ginástica para a população idosa, palestras, entre outros.

O presidente da Junta de Freguesia de Paredes, Artur Pereira da Silva, realçou a forte adesão da comunidade local, apesar  do mau tempo que se fez sentir no sábado.

“Embora o pavilhão necessite de obras era o melhor sítio para a realização deste tipo de atividades”, disse, sustentando que é fundamental continuar a investir na qualidade de vida das pessoas, no fomento das práticas saudáveis e na promoção da saúde.

“Sabemos que a esperança de vida tem aumentado e estas atividades permitem ocupar os seniores que muitas vezes ficam em casa e não têm a mobilidade que era necessário”, disse.

Alberto Horácio, da cidade de Paredes, um dos participantes nestas atividades do Dia Mundial da Atividade Física ressalvou a importância de manter uma mente sã e um corpo são.

“Participo no grupo do projeto Mais Vida Ativa e no programa da Diabetes.  São dois excelentes projetos para pessoas como eu. Mantém-me ocupado e afasta-nos da ociosidade. Aconselho as pessoas associarem-se e a participarem ativamente. Antes sentia dificuldades em fazer determinadas rotinas. Embora fizesse caminhadas, passava a maior parte do tempo em casa. Com o Mais Vida Ativa tornou-me mau autónomo. Todos deviam experimentar. Faz mente à mente e ao físico”, expressou, sustentando que estas atividades contribuem para promover a intergeracionalidade e promover o convívio social.

Refira-se que o Mais Vida Ativa iniciou em 2018, sendo um programa que tem como objetivo promover do exercício físico, de forma regular e orientada, assumindo-se como um programa de responsabilidade social e de promoção do Envelhecimento Ativo.

O programa visa, também, proporcionar à população sénior do concelho de Paredes uma atividade física regular e devidamente orientada tendo em vista a melhoria da sua qualidade de vida e elevação da sua autoestima e diminuir os fatores de risco relacionados com o processo de envelhecimento, combatendo a inatividade e o sedentarismo desta população.

Já o projeto “Diabetes em Movimento” tem como propósito proporcionar à população diabética sessões de exercício físico, três vezes por semana, com a duração de 90 minutos.

O Dia Mundial da Atividade Física foi criado pela Organização Mundial de Saúde para minimizar o sedentarismo.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA