Mural em honra dos bombeiros adquire forma numa das paredes do quartel...

Mural em honra dos bombeiros adquire forma numa das paredes do quartel de Lousada

Trabalho faz parte do projeto LouzaD'Art Urbana que venceu Orçamento Participativo Jovem, está a ser executado pelo artista de Street Art Frederico Draw e pretende retratar vertente geracional dos soldados da paz.

321
0
COMPARTILHE
Fotografia: Câmara de Lousada

Depois de uma das paredes do Bairro Abílio Moreira, em Lousada, ter dado uma nova atratividade a este espaço, com a criação de um mural do industrial Hans Isler, uma obra de Frederico Draw, o mesmo artista iniciou, esta semana, uma outra obra no quartel dos Bombeiros de Lousada, em homenagem ao soldados da paz.

Segundo  fonte da autarquia, a obra já estava pensada desde janeiro deste ano e faz parte do projeto LouzaD’Art Urbana, proposta vencedora do Orçamento Participativo Jovem, sendo objetivo do mural trabalhar a vertente geracional dos bombeiros.

“O mural não irá recriar nem incidir  sobre nenhum bombeiro  em particular, como já chegou a ser comentado, trata-se de fazer uma homenagem aos bombeiros, traçando todo o seu percurso desde que entra para os bombeiros até passar ao quadro de honra”, disse, acrescentando que o mural que está a ser trabalhado foi concertado e devidamente articulado com a Associação Humanitária dos Bombeiros de Lousada, o artista Frederico Draw e os autores do projeto LouzaD’Art Urbana.

A autarquia avançou, também, que o município em  tempo algum quis condicionar a liberdade artística  de Frederico DRaw, tido como um dos mais emblemáticos artistas e executantes de street art, com vários  trabalhos feitos em Portugal  e no estrangeiro.

Vítor de Sousa,  um dos elementos que integra o projeto LouzaD’Art Urbana, assumiu que está  satisfeito pelo facto da Câmara de Lousada ter  dado início ao projeto e a uma das propostas para embelezar com obras de arte os espaços e os edifícios mais emblemáticos da vila e do concelho.

“Obviamente que estamos satisfeitos pelo facto do projeto estar a ser executado. A obra já iniciou e acreditamos que será mais um passo para dignificar o centro da vila,  dar mais vida e embelezar esta parte da vila e enaltecer o trabalho dos bombeiros”, disse, expressando que esta proposta é a primeira de várias que o projeto consigna e eu serão executadas de forma faseada.

Sobre o LouzaD’Art Urbana, Vítor de Sousa recordou que o projeto que consiste em urbanizar artisticamente o concelho de Lousada através da criação de murais alusivos à história e tradição de todo o concelho e a continuação do que se tem vindo a fazer no Lousada Visual Artes da Câmara Municipal de Lousada em parceria com as escolas (como, por exemplo, a homenagem do Dr. Mário Fonseca e a “Costureira” inscrita numa das “torres” do bairro Dr. Abílio).

Vitor de Sousa recordou que o projeto incentiva a Arte Urbana de superior qualidade e não o mero vandalismo.

“Quando se fala em todo o concelho, queremos com isto dizer que através destes murais pretendemos explorar e evidenciar toda a história e figuras emblemáticas de Lousada, murais estes situados nas múltiplas freguesias de Lousada”, afirmou, sustentando  que o projeto prevê, também, “colocar” um mural histórico na mítica Pista da Costilha retratando o rally de Portugal e uma das figuras mais emblemáticas do rally português (Jaime Moura), um mural histórico alusivo às Grandiosas Festas de Lousada no centro da Vila, um mural alusivo ao Desporto no Complexo Desportivo de Lousada, um mural na Senhora da Aparecida a retratar uma das romarias mais antigas de Portugal.

“O nosso objetivo é atrair turistas e demonstrar a todos os visitantes da nossa vila um pouco da história, bem como figuras emblemáticas de Lousada, sem sequer ter que descrever por palavras, mas sim pela pura arte. Além disso, pretendemos com este projeto dar a conhecer à população mais jovem (sendo o concelho de Lousada um concelho repleto de juventude) parte da história do nosso concelho mediante retratos históricos”, expressou.

Já o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lousada, Antero Correia mostrou-se agradado com o  trabalho que está a ser executado, reafirmando que o mesmo vem dar uma nova dignidade e visibilidade a esta área, assim como ao quartel dos bombeiros.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA