PAÇOS DE FERREIRA: Pulseira eletrónica por violência doméstica

PAÇOS DE FERREIRA: Pulseira eletrónica por violência doméstica

231
0
COMPARTILHE

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, no dia 24 de outubro, deteve um homem com 66 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Paços de Ferreira.

Na sequência de uma investigação, os militares apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a vítima, sua ex-cônjuge, de 64 anos, com a qual esteve casado durante 42 anos, tendo o divórcio ocorrido em 2014. A vítima acreditando que o suspeito iria terminar os seus comportamentos violentos, voltaram a contrair novo matrimónio, no ano de 2015. No entanto, pelo recorrente consumo de álcool, o suspeito voltou com as agressões físicas e violentas contra a vítima, exigindo todo o dinheiro resultante da sua atividade profissional. Devido ao grau de agressividade física por parte do agressor, a vítima chegou mesmo a barricar-se numa dependência da residência, para poder pernoitar em segurança, colocando móveis atrás da porta, para que este não conseguisse entrar. Foi ainda possível apurar que a vítima era impedida de tomar banho de água quente, de utilizar, não só, o fogão para a confeção da sua alimentação, como outros eletrodomésticos.

Pelos factos apresentados, o suspeito, com antecedentes criminais pela prática deste tipo de crime, tendo sido condenado a uma pena de prisão de dois anos e seis meses, suspensa pelo mesmo período na sua execução, foi detido, mediante mandado de detenção, tendo sido presente a primeiro interrogatório judicial, no dia 24 de outubro, ao Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência e do local de trabalho da vítima, numa distância mínima de 500 metros, proibição de contactos por qualquer forma ou meio com esta, fiscalizado com pulseira eletrónica, bem como apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência e ainda proibição de aquisição e posse de quaisquer armas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA