Paredes Handball Cup 2019 fecha com balanço positivo

Paredes Handball Cup 2019 fecha com balanço positivo

Vereador do Desporto assume vontade de querer continuar a acolher competição internacional.

284
0
COMPARTILHE

O vereador do Desporto da Câmara de Paredes, Paulo Silva, fez um balaço positivo do Paredes Handball Cup 2019 , competição que terminou este domingo, com as várias equipas e clubes a desfilarem no Pavilhão Municipal de Paredes, na cerimónia de encerramento.

“Faço um balaço extremamente positivo, sendo que este é o maior torneio de andebol do país, não existe nenhuma competição com tantos atletas e jogos e tantas equipas estrangeiras. Registei com agrado que as próprias pessoas e os munícipes, de uma forma geral, acolherem os atletas e os seus familiares de uma forma exemplar”, disse, sustentando que a prova  é uma aposta ganha com impacto na economia local, em especial na restauração e no comércio. .

“As pessoas abraçaram, esta prova, os comerciantes receberam bem e o feedback que temos das equipas e das famílias é extremamente positivo, sobretudo, das famílias espanholas que se fizeram representar em maior número”,  acrescentou.

O autarca relevou, também, o trabalho e o envolvimento dos voluntários, cujo contributo foi determinante para a realização do torneio.

“Este ano já se registou um acréscimo do número de voluntários ainda que precisemos de mais, mas eles foram efetivamente os embaixadores de Paredes, deram o seu máximo ajudaram a dar uma boa imagem de Paredes”, avançou.

O responsável pelo Desporto em Paredes ressalvou, também, que a realização desta competição no concelho ajudou a dar visibilidade e a potenciar o andebol, assumindo que esta é já uma modalidade em crescendo no território praticada por vários clubes.

“O andebol é uma modalidade em crescendo, houve clubes que revigoraram, foi o caso da Casa do Povo da Sobreira, que está com uma dinâmica muito diferente, o Altis Clube Paredes, está também a fazer o seu percurso, assim como o Sport Clube Nun’Alvares andebol que está com outra dinâmica. Por outro lado, temos lançado desafios a outros clubes e tenho esperança que para o ano mais clubes já estabelecidos e com outras atividades possam surgir com o andebol”, adiantou, ressalvando que Paredes quer continuar a receber esta competição.

“Temos datas já para o próximo ano. Iremos falar com a Associação de Andebol do Porto e a Federação. Da nossa parte existe a vontade de continuarmos a acolher esta prova”, assumiu, sublinhando que o torneio atingiu já um número significativo de atletas e clubes, sendo este  o patamar mínimo para garantir a qualidade da prova.

O Paredes Handball Cup 2019 contou com a presença de cerca de 280 equipas, 80 clubes e 3500 atletas.

Para além de Portugal, estiveram representados atletas de Espanha, Sérvia, Chile, Alemanha, Angola e Taiwan.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA