Paredes tem 18 “Eco-Escolas” reconhecidas com a bandeira das boas práticas ambientais

Paredes tem 18 “Eco-Escolas” reconhecidas com a bandeira das boas práticas ambientais

124
0
COMPARTILHE

O Município de Paredes felicita as 18 escolas do Concelho galardoadas com o prémio Eco-Escola 2018-2019. A distinção foi atribuída pela ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa) às escolas pelos seus comportamentos e projetos direcionados para o meio ambiente e sustentabilidade.
Refira-se que, pela primeira vez, foram reconhecidas, como Eco Escolas, as 18 escolas de Paredes que aderiram ao projeto no início do ano letivo. A iniciativa foi promovida pela Associação Bandeira Azul da Europa e contou com a presença de alunos e professores representantes das escolas de Paredes e do Vice-Presidente da autarquia, Francisco Leal, e do Vereador da Educação, Paulo Silva.
Para o autarca Francisco Leal é de sublinhar “o empenho que os pelouros do Ambiente e da Educação têm tido na promoção da sustentabilidade ambiental junto das crianças e da comunidade escolar, o que lhes valeu este reconhecimento”.
A cerimónia decorreu sexta-feira, 18 de outubro, no Pavilhão Multiusos de Guimarães, no Dia das Bandeiras Verdes, iniciando-se com a Eco-Mostra, proporcionando diversas atividades aos participantes. Depois da entrega dos prémios dos desafios 2018/19 e dos espetáculos, o dia terminou com a entrega da Bandeira Verde Eco-Escolas a cada uma das escolas.
O Eco-Escolas é um programa educativo internacional, promovido pela Fundação para a Educação Ambiental (Foundation for Environmental Education – FEE), representado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) com o apoio de vários parceiros que colaboram em financiamentos específicos de diferentes atividades, nomeadamente os concursos.
Segundos os promotores, o programa Eco-Escolas tem como objetivo “a melhoria do desempenho ambiental das escolas, contribuindo para a alteração de comportamentos e do impacto das preocupações ambientais nas diferentes gerações, reconhecendo e premiando o trabalho por elas desenvolvido. Visa, ainda, criar hábitos de participação e de cidadania, tendo como objetivo principal encontrar soluções que permitam melhorar a qualidade de vida na escola e na comunidade”.

PAREDES: Eco-Escolas 2018/19
– Centro de Formação Profissional das Indústrias da Madeira e Mobiliário – CFPIMM
– Escola EB/S de Rebordosa
– Colégio Casa – Mãe
– Escola EB 2,3 Sobreira
– Escola Básica da Serrinha
– Jardim de Infância de S. Marcos
– EBS de Vilela
– Escola Básica de Cristelo
– Escola Básica de Vilela
– Escola EB Nº 1 de Rebordosa
– Escola Básica de Bitarães
– Escola Básica de Paredes
– Jardim de Infância de Talhô – Gondalães
– Jardim de Infância de Estrebuela
– Jardim de Infância Monte Mouriz
– Escola Secundária de Paredes
– Escola EB Recarei
– Escola Básica N.º 1 de Sobreira
CM Paredes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA