Pedro Mota venceu prova do europeu de resistência de BTT

Pedro Mota venceu prova do europeu de resistência de BTT

Armando Taipa foi 6.º nas 24 Horas

536
0
COMPARTILHE

O lousadense Pedro Mota venceu no passado sábado uma prova do Campeonato da Europa de BTT WEMBO (World Endurance Mountain Bike Organization), que pela primeira vez se realizou em Portugal, mais concretamente na cidade de Penafiel e foi promovida pela associação Brain Sports Club/Iron Brain com o apoio da autarquia penafidelense.
A competição dividiu-se em três provas de resistência com diferentes durações (6h, 12h ou 24h) e consistiu em dar o maior número de voltas num percurso com uma extensão de 15km, sendo que Pedro Mota venceu a duração das 12 Horas, à geral e na classe Veteranos 30.
Para o betetista natural de Nevogilde, esta não foi uma estreia nesta tipo de corridas, tendo já conseguido um 1.º lugar numa prova semelhante realizada no passado mês de maio, em Vizela.
“Procurei arrancar bem e colocar-me no grupo da frente. Consegui andar junto dos primeiros das 24 horas e a partir daí foi controlar o andamento sem grandes exageros”, disse Pedro Mota, que confessou que o traçado foi do seu agrado: “O circuito era favorável às minhas características, com muitas descidas técnicas, mas com o mau tempo e a chegada da noite tornou-se perigoso, obrigando a maiores cautelas”.
Uma corrida de grande exigência física, que não impediu o ciclista de participar no dia seguinte em outra prova de longa distância, dando maior relevância ao feito alcançado. A entrega de prémios começou já depois da meia-noite e Pedro Mota deixou o Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel cerca das 2h00 da madrugada para uma breves horas de descanso, levantando-se pouco depois para uma viagem até Montalegre para participar na “Transcávado”, uma prova GPS, com cerca de 150km, que liga, por monte, a capital do Barroso a Esposende, atravessando as belas paisagens do Parque Natural da Pêneda Gerês e nove concelhos.
“Só em Esposende, quando o speaker me abordou para falar do triunfo no europeu e pelas reações nas redes sociais, é que tive noção da dimensão do que tinha alcançado”, disse Pedro Mota sobre o 1.º lugar no Europeu.

Armando Taipa

Outro dos lousadenses que participou nesta prova de resistência europeia foi Armando Taipa, participando na corrida mais longa, concluindo as 24 Horas, na 6.ª posição da geral e 2.ª da categoria Veteranos 40.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA