PIAS-LOUSADA: Festa do Rio para promover o convívio e sensibilizar a limpeza...

PIAS-LOUSADA: Festa do Rio para promover o convívio e sensibilizar a limpeza do Sousa

495
0
COMPARTILHE

A União de Freguesias de Silvares, Pias, Nogueira e Alvarenga, pelo terceiro ano consecutivo, realizou mais uma Festa do Rio, numa das mais belas zonas do Rio Sousa e onde se concentra o maior número de moinhos, dos quais existem três ainda a funcionar, a cargo da Família Ferreira.

Além da preocupação ambiental, Fausto Oliveira vê este espaço com um enorme potencial turístico

A Festa do Rio é uma iniciativa da Junta que surge de uma forte preocupação ambiental e de valorização do grande potencial que é o Rio Sousa.
Aproximar as pessoas de novo ao Rio, começa a ser uma realidade que ano após ano vai aumentando.


Como nos anos anteriores, a primeira parte da festa foi dedicada à limpeza das margens do rio e dos espaços envolventes, que em alguns locais estavam carregados de plásticos, pneus, restos de carros, cabos elétricos, etc. Uma equipa de voluntários, membros do executivo e trabalhadores da Junta, estiveram envolvidos nesta ação que decorreu no dia 17 de manhã.

A noite foi da responsabilidade da associação “Os Pienses” a quem a Junta deu a oportunidade de ali organizar um jantar, montar um bar e assim angariar fundos para as suas atividades. E foi uma noite longa em verdadeira confraternização a que não faltou uma sessão de fogo de artificio e um mergulho nas águas do rio, já pela madrugada.
O dia seguinte amanheceu chuvoso, mas não desanimou as mais de 200 pessoas que se reuniram num almoço em estilo pic-nic nas margens do rio.

E a tarde soalheira acabou por chamar outras tantas pessoas que foram chegando ao rio e também foi o mote para as brincadeiras no rio, que juntou crianças, jovens e menos jovens, onde não faltaram, a exemplo dos anos anteriores, as canoas, e os barquinhos para os mais pequeninos, alugados pela Junta e disponíveis gratuitamente para todos.
Paralelamente a tarde ia-se esticando por entre cantares ao desafio, muita música a puxar um pezinho de dança e o porco no espeto oferecido pela Junta.
Já era bem tarde, e o caldo verde, servido pelos Pienses, esgotou, mas a festa havia de continuar até às tantas, com cantigas e grupos improvisados.

A organização deixou uma palavra de “agradecimento à Família Ferreira, do Moinho do Meio, sempre disponível para ajudar, à Família Moreira que foram incansáveis, e aos Pienses que estiveram ao mais alto nível no jantar e no serviço de bar”.
A Junta tudo fará para que esta Festa seja uma realidade em crescimento e possa atrair cada vez mais pessoas ao rio, que infelizmente ainda não está nas melhores condições. Para o ano esperamos poder alargar a área da Festa e juntar um programa mais diversificado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA