Portugal em força no Rali de Marrocos

Portugal em força no Rali de Marrocos

Três pilotos oficiais Moto e outras tantas equipas de SSV

258
0
COMPARTILHE
Joaquim Rodrigues, recente vencedor no Panafrica

Disputado sob a égide de David Castera, gestor da ODC Events, o actual organizador desta grande prova africana, esta competição que integra o Campeonato do Mundo (Moto) e Taça do Mundo (Auto) começou esta quinta-feira, dia 3, e termina a 9 de outubro em Fès.

Mais uma vez o Rallye du Maroc vai contar com uma interessante participação portuguesa à semelhança do que ocorreu no ano passado altura em que David Castera assumiu a organização desta prova.

Mário Patrãoestá de regresso à equipa KTM Factory Racing com a qual competiu no Dakar 2019

Na competição moto todos os pilotos lusos integram equipas oficiais. Paulo Gonçalves e Joaquim Rodrigues, recente vencedor no Panafrica, são pilotos da equipa Hero. Mário Patrão regressa ao seio da equipa oficial da KTM numa prova que deveria marcar a estreia de Rui Gonçalves no todo-o-terreno internacional e logo como piloto oficial da equipa Sherco. Uma queda na Alemanha na 13ª jornada do Campeonato do Mundo de Motocross força ao adiamento desta estreia.

Mário Franco

Entre os SSV todas as equipas são estreantes. Estarão presentes os pilotos Rui Serpa, ex-campeão nacional, navegado por Nuno Matias Guilherme, António Resina de Carvalho, tendo a seu lado Tiago Martins enquanto que o consagrado Mário Franco será navegado pelo primo Rui Franco. Todos foram inscritos pela equipa Franco Sport. As duplas portuguesas vão utilizar o modelo Yamaha YXZ1000R inscritos na Classe T3 S.

Rui Serpa

Disputado em Fés, o Rallye du Maroc terá uma extensão de 2300 quilómetros para a competição das Motos, SSV e Quads e 2500Km para os Automóveis.  Esta prova marroquina conta com a realização de um prólogo no dia 4 de outubro, seguido no dia 5 pela primeira etapa e termina no dia 9 com a realização da quinta etapa em torno de Fés.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA