Presidente da Associação de Futebol do Porto presidiu à inauguração da sede...

Presidente da Associação de Futebol do Porto presidiu à inauguração da sede do Núcleo de Árbitros do Vale do Sousa

Intervenção permitiu renovar sala de formação e a zona do bar, dotando o espaço de condições únicas quer para a prática da aprendizagem quer para o lazer. Núcleo tem 160 sócios pagantes.

558
0
COMPARTILHE

O presidente da Associação de Futebol do Porto, Lourenço Pinto, presidiu, esta terça-feira, à inauguração/requallificação da sede do Núcleo de Árbitros do Vale do Sousa, cuja sede está instalada em Paredes.

Numa curta intervenção aos árbitros e demais convidados, o presidente do Núcleo de Árbitros do Vale do Sousa, Manuel Soares, realçou o trabalho árduo mas conseguido que foi possível efetuar no sentido de transformar a antiga sede do núcleo, instalada no Bairro do Sonho, num espaço com todas as condições para a aprendizagem e formação dos homens do apito.

“Foi um trabalho árduo, todos trabalharam, em especial o Emanuel Moreira que foi incansável no acompanhamento das obras. Este espaço ganhou uma nova dimensão, com condições únicas para a aprendizagem da arbitragem”, disse, relevando o apoio da Câmara de Paredes e da Associação de Futebol do Porto (AFP).

“A Associação de Futebol do Porto tem sido um parceiro fundamental. Existem 1100 jogos por semana e para esses jogos se realizarem são precisos árbitros”, avançou, sustentando que a aposta do núcleo é a formação e valorizando o papel do árbitro enquanto elemento integrante do desporto e do futebol.

O núcleo tem 160 sócios pagantes.

Lourenço Pinto realçou o trabalho efetuado pela autarquia no domínio da formação dos jovens e na criação de condições para a prática do desporto.

“Sem o apoio das câmaras, cerca de 50% do desporto em Portugal não existia. A juventude deve muito à autarquia e tudo que as câmaras fazem em prol do desporto é investimento público que contribuiu para a valorização dos seus ativos e a constituição de verdadeiros cidadãos”, revelou, ressalvando a articulação que tem existido entre o município e o Núcleo de Árbitros do Vale do Sousa como uma mais-valia para a arbitragem.

Na sua intervenção, o presidente da Associação de Futebol do Porto defendeu que os núcleos funcionam como centros de difusão de saber e de ideias, prometendo trazer para Paredes os curso de formação de inglês e de informática, que estão a decorrer no Porto, e que, segundo o responsável pela AFP, ferramentas fundamentais para os árbitros evoluírem na sua atividade.

“Espero que o núcleo seja capaz de formação mais pessoas, promover o desporto, o futebol, mantendo uma estreita articulação com a câmara municipal”, afiançou, sublinhando que a inauguração das novas instalações vai permanecer como um marco na vida do núcleo.

O presidente da Câmara de Paredes, Alexandre Almeida,  reiterou a intenção de continuar  a estreitar esforços com o Núcleo de Árbitros  do Vale do Sousa, continuar a promover o desporto e a criação de condições que potenciem as modalidades assim como os seus intervenientes.

No seu discurso, o autarca paredense referiu-se, também, à Associação de Treinadores que foi criada recentemente, cuja sede se encontra em Gondomar, confirmando que qualquer município gostaria de ter uma instituição como esta.

Alexandre Almeida destacou, também, que o concelho tem tido bons resultados no desporto em diferentes modalidades, sendo objetivo do executivo continuar a investir nas infraestruturas desportivas, como já aconteceu em Lordelo, Sobreira, Parada de Todeia e Recarei.

“Existem outros campos onde iremos construir mais sintéticos”, afiançou.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA