Sobreirense complica contas do título

Sobreirense complica contas do título

302
0
COMPARTILHE

No penúltimo jogo do play-off de apuramento de campeão da 2.ª divisão AFP, o Sobreirense deslocava-se a Ferreira com “os olhos postos” na vitória que lhes daria o título de campeão da divisão. O conjunto paredense tinha assim motivos para chegar motivado à casa do segundo classificado, mas tal não se verificou dentro das quatro linhas.

Os visitantes tiveram uma má entrada na partida e, aos vinte minutos de jogo, já perdiam por 2-0. Nélson inaugurou o marcador, logo aos 6 minutos, aos 17 foi Rafa quem dilatou a vantagem para os da casa. A tarefa não se adivinhava fácil para a turma de Renato Guimarães que protagonizou poucas hipóteses de golo até ao intervalo.

No segundo tempo, os visitantes entraram dispostos a contrariar o rumo da partida, mas sofreram um “duro golpe” logo nos minutos iniciais. Os pacenses voltaram a festejar depois do cabeceamento de Filipe que respondeu com eficácia ao batimento do pontapé-de-canto. Aos 53 minutos, o Sobreirense perdia por 3-0 e mostrava índices de motivação fragilizados.

Nada parecia correr bem aos homens de Paredes que mostravam já não ter grande discernimento para reagir. O Ferreira aproveitava e cheio de confiança chegou ao quarto golo através de Messi, que concretizou com um remate colocado.

Ainda antes do fim do encontro, Fabinho, que tinha acabado de entrar, foi derrubado na área adversária e o árbitro considerou grande penalidade. Na conversão, Caniggia estabeleceu o 5-0 final.

Com a derrota, o Sobreirense caiu para o segundo lugar do play-off, com os mesmos nove pontos que o primeiro classificado, o Ferreira. Contudo, o conjunto de Paredes desperdiçou a possibilidade de depender apenas de si próprio para festejar o título de campeão. Na última jornada, os homens da Sobreira precisam de vencer em casa do Macieira e esperar que o Ferreira perca pontos frente ao Varziela. Só assim, a equipa orientada por Renato Guimarães tem hipótese de festejar o título de campeão da divisão.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA